Mover

Levante recomenda não entrar no IPO da Caixa Seguridade

Postado por: TC Mover em 19/04/2021 às 17:40
Levante - Caixa Seguridade

São Paulo, 19 de abril – A Levante Investimentos recomenda não entrar na oferta pública inicial, IPO na sigla em inglês, da Caixa Seguridade, braço de seguros e previdência da Caixa Econômica Federal, pelo fato de a empresa ser estatal, com risco de interferência política, além da oferta ser totalmente secundária, com os recursos indo para o governo federal e não para o caixa da empresa.


Relação entre risco e retorno no investimento da Caixa Seguridade não é favorável, diz relatório

O relatório, assinado pelo analista Eduardo Guimarães, afirma que a relação entre risco e retorno no investimento das ações da estatal não é favorável, pois existe uma grande chance de a empresa não buscar o melhor retorno para os seus acionistas devido às possíveis interferências políticas.

“Embora o presidente Pedro Guimarães venha fazendo um bom trabalho, mudanças podem vir a acontecer, como já ocorreu com a Eletrobras, Banco do Brasil e Petrobras, o que afetaria a direção da Caixa Seguridade”, observa o relatório da Levante.


Levante decidiu não incluir papéis de estatais em carteiras de ações

Eduardo Guimarães explica ainda que a Levante decidiu não ter mais papéis de empresas estatais em suas carteiras de ações. O motivo seria que o risco é muito alto para um retorno não tão atrativo.

“Dessa forma, não recomendamos nem a compra das ações da BB Seguridade, nem a entrada no IPO da Caixa Seguridade”, afirma o analista.


Valor de mercado da Caixa Seguridades deve ficar entre R$28 bilhões e R$38 bilhões

Para a Levante, na faixa de preço da oferta de R$9,33 a R$12,67, o valor de mercado da estatal ficará entre R$28 bilhões e R$38 bilhões. Já o múltiplo preço/lucro de 2022 da empresa fica no intervalo de 10,4 a 14,1 vezes, conforme a faixa da oferta.

Já no intervalo médio da oferta, as ações da Caixa Seguridade estão com múltiplo preço/lucro 2022 projetado de 12,2 vezes. O valor é elevado quando comparado a SulAmérica, BB Seguridade e Porto Seguro, que apresentam múltiplos de 11,9, 9,6 e 9,0 vezes, respectivamente.

“Ao analisar as principais empresas de seguradoras na B3, acredito que há oportunidades melhores do que a Caixa Seguridade, avaliando principalmente o preço/lucro 2022”, diz Eduardo Guimarães. A Caixa Seguridade deve estrear na B3 em 29 de abril, com ações negociadas pelo código CXSE3.

Texto: Leandro Tavares
Edição: Bárbara Leite e João Pedro Malar
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

Em posse, Joaquim Silva e Luna defende paridade de preços da Petrobras

Nogueira: Banir o Bitcoin é atestado de falência da moeda nacional

JBS reforça expansão em mercado vegano com aquisição na Europa

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais