Mover

Marfrig quer zerar emissões de carbono até 2050

Postado por: TC Mover em 24/03/2021 às 16:51

São Paulo, 24 de março – Seguindo a tendência global de combate às emissões de carbono, a Marfrig anunciou hoje que tem como meta zerar emissões de carbono e gases de efeito estufa até 2050. Entretanto, informou também que há possibilidade de antecipar o objetivo para 2035 ou 2040, após a elaboração de um plano claro e com metas a serem alcançadas, de acordo com compromissos mundiais.


Plano para zerar emissões de carbono deve ser apresentado no final de 2021, diz diretor

O diretor de sustentabilidade da Marfrig, Paulo Pianez, conversou com a imprensa após o evento Marfrig Verde+, e afirmou que o plano para zerar as emissões de carbono deve ser apresentado até o final de 2021, ou no começo de 2022.

“A gente não tem uma meta estabelecida ainda, mas a ambição é zerar as emissões de carbono em 2050, podendo ser antecipada para 2035 ou 2040”, afirmou o executivo da Marfrig.

Em relação ao financiamento do projeto, Pianez disse que os recursos disponíveis não necessariamente atendem a esse tipo de investimento. “O que temos no radar são mecanismos de financiamentos, sem a previsão de emissão de bonds. O importante é que o Brasil desenvolva concessões de recursos necessários para isso, com regras acessíveis”.

Marfrig prevê identificar todos os fornecedores na Amazônia e no Cerrado

Pianez explicou ainda que a Marfrig já conseguiu identificar 62,00% de seus fornecedores na Amazônia em 2020, sendo que a meta é de identificação total até 2025. No cerrado brasileiro, 47,00% dos fornecedores foram identificados, e a meta é alcançar 100% em 2030.

O Programa Marfrig Verde+, lançado no ano passado, prevê investimento de R$500 milhões em recursos próprios. Destes, cerca de R$80 milhões já foram utilizados na fase de estruturação de apoio às iniciativas.

Desempenho das ações da Marfrig (MRFG3)







Perto das 16h50, a ação ordinária da Marfrig (MRFG3) subia 0,94%, cotada a R$17,16. O papel da JBS (JBSS3) tinha alta de 0,11%, a R$27,58, após a empresa anunciar na noite de ontem que vai zerar as emissões de carbono até 2040.

No mesmo horário, o papel da BRF (BRFS3) recuava 1,15%, a R$24,08. A ação da Minerva (BEEF3) tinha queda de 0,10%, a R$9,98. Já o Ibovespa caía 0,70%, aos 112,4 mil pontos.

Para acompanhar o desempenho das ações da Marfrig, JBS e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Leandro Tavares
Edição: Gustavo Boldrini e João Pedro Malar
Imagem: Divulgação


Leia também

Especial: Carrefour Brasil descarta cindir atacarejo, vê melhora de preços com Grupo Big

Vieira: Bolsonaro aceitou pragmatismo, agora precisa agir

Suzano quer investir R$2 bilhões em modernização até 2024

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais