Mover

Morgan Stanley adiciona CSN Mineração e Iguatemi em carteira da América Latina

Postado por: TC Mover em 01/04/2021 às 13:38
Morgan Stanley

São Paulo, 1 de abril – O Morgan Stanley incluiu as ações ordinárias da CSN Mineração e da Iguatemi em sua carteira recomendada de ações da América Latina para abril, de olho na alta do minério de ferro e na perspectiva de reabertura econômica no segundo semestre.


Morgan Stanley retirou ADR da Azul (AZUL) de carteira para América Latina

O banco retirou da lista o recibo de ações negociado na bolsa de Nova Iorque, ADR, da Azul (AZUL) e o papel da Mercadolibre (MELI).

O Morgan Stanley vê a subsidiária de mineração da CSN se beneficiando do movimento global de reflação das commodities e oferecendo forte crescimento com um custo operacional baixo. Ele destaca também o múltiplo atrativo da ação da CSN Mineração, que negocia a 3,6 vezes EV/EBITDA para 2021, segundo estimativas do banco.

Iguatemi deve ser beneficiada por reabertura econômica, segundo Morgan Stanley

A Iguatemi, administradora de shoppings, deve se beneficiar da reabertura econômica do Brasil no segundo semestre, com o avanço da vacinação em massa, diz o Morgan Stanley.

O banco vê o papel ordinário da companhia (IGTA3) negociando com forte desconto ante companhias pares dos Estados Unidos e Chile. Segundo o analista Nikolaj Lippmann, a Iguatemi apresentou uma retomada mais rápida que o esperado com a flexibilização das medidas de restrição no ano passado, o que indica um bom momento do negócio.

Ação da Mercadolibre (MELI) foi removida para reduzir exposição a papéis rotativos

O ADR da Azul foi retirado pelo Morgan Stanley devido às dificuldades do setor aéreo em retomar a demanda no curto prazo e a forte queima de caixa.

A ação da Mercadolibre também foi removida em um movimento de redução da exposição da carteira do banco a papéis rotativos, como o de varejistas, que podem ser impactados pela alta dos juros pelo mundo.

Desempenho das ações da CSN Mineração (CMIN3)



Morgan Stanley



Perto das 13h35, o papel da CSN Mineração (CMIN3) subia 0,11%, cotado a R$9,20. Já a ação da Iguatemi (IGTA3) caía 0,86%, a R$37,08. O ADR da Azul (AZUL) tinha alta de 0,35%, a US$20,26, e o papel da Mercadolibre (MELI) avançava 3,22%, a US$1.519,60. No mesmo horário, o Ibovespa operava em queda de 0,85%, aos 115,6 mil pontos.

Para acompanhar o desempenho das ações da CSN Mineração, Iguatemi e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Gustavo Boldrini
Edição: Leandro Tavares e João Pedro Malar
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

Indústria decepciona em fevereiro e produção recua pela primeira vez em nove meses

Apetite por risco marca início de mês; no radar, PMI e produção industrial: Espresso

Calendário Econômico: PMI, seguro-desemprego, Opep

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais