TC Mover
Mover

Petrobras (PETR4) perde quatro conselheiros após ingerência de Bolsonaro

Postado por: TC Mover em 03/03/2021 às 10:25

São Paulo, 3 de março – Quatro membros do conselho de administração da Petrobras indicados pelo governo, o acionista controlador da estatal, pediram para sair, em resposta à decisão do presidente Jair Bolsonaro de mudar o comando da companhia por conta da recente disparada no preço dos combustíveis. A petroleira é negociada na bolsa brasileira pelos códigos PETR3 e PETR4.


Carneiro da Cunha explicita sua saída pelas recentes mudanças

Em nota, a Petrobras disse que os conselheiros João Cox Neto, Nivio Ziviani, Paulo Cesar de Souza e Silva e Omar Carneiro da Cunha pediram para não ser reconduzidos para o cargo por diversos motivos. Carneiro da Cunha foi explícito ao afirmar que “os recentes acontecimentos relacionados as alterações na alta administração da Petrobras, e os posicionamentos externados pelo representante maior do acionista controlador da mesma” forçaram o pedido. Souza e Silva pediu para sair em virtude do seu mandato ser “interrompido inesperadamente”.

Já Cox e Ziviani destacaram apenas “razões pessoais”. Além deles, o atual presidente da estatal Roberto Castello Branco, que também é conselheiro, vai deixar a empresa em 20 de março. A situação era esperada: duas fontes disseram à TC Mover em 19 de fevereiro que conselheiros e diretores da empresa planejavam uma demissão em massa em protesto pela saída abrupta de Castello Branco do comando da empresa. Castello Branco teria dito que a estatal não tinha nada a ver com uma eventual greve dos caminhoneiros – o que teria desatado a ira de Bolsonaro, que levava apaziguando sindicatos de caminhoneiros para não paralisar o país por conta do diesel mais caro.

Com a decisão dos quatro conselheiros, a União vai precisar buscar substitutos para o novo conselho que será eleito em Assembleia Geral Extraordinária. O conselho deve decidir a nomeação do novo presidente da Petrobras indicado por Bolsonaro, o general da reserva Joaquim Silva e Luna.


Desempenho das ações da Petrobras (PETR3 e PETR4)


ação da Petrobras - PETR4


Perto das 10h20, o papel preferencial da Petrobras, código PETR4, caía 1,68%, cotado a R$21,62. Já a ação ordinária, código PETR3, cedia 1,51%, a R$21,58. No mesmo horário, o Ibovespa operava em queda de 0,39%, aos 111,1 mil pontos.

Para acompanhar o desempenho das ações da Petrobras e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Guillhermo Parra-Bernal
Edição Leandro Tavares e Letícia Matsuura
Arte: TC Mover


Leia também

Ativos de risco sobem; no radar, Covid-19, Livro Bege, PIB, PEC: Espresso

Calendário Econômico: PIB, PMI, Livro Bege

Especial: Vale (VALE3) repete como queridinha nas carteiras em março, enquanto Petrobras (PETR4) despenca

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais