TC Mover
Mover

Prévia da Vale (VALE3) alivia temores com oferta do minério

Postado por: TC Mover em 04/02/2021 às 9:59
vale - minério de ferro

São Paulo, 4 de fevereiro – Os números de produção trimestral da Vale, código VALE3, levemente abaixo do consenso deram “um impulso bem-vindo à oscilação dos preços, em um sinal de que a oferta não disparará”, avalia um trader sediado em Hong Kong ouvido pela TC Mover.

 

A Vale divulgou produção de 300,4 milhões de toneladas de minério de ferro em 2020 segundo prévia operacional divulgada ontem, em leve queda de 0,5% na comparação com 2019. Já as vendas de minério de ferro subiram 6,3% na comparação anual, para 82,83 milhões, com impacto da forte demanda chinesa com a retomada econômica.

Vale estima produção de 350 milhões de minério para 2021


A estimativa da capacidade de produção de minério para 2021 é de 350 milhões de toneladas, projeção menor que a das concorrentes BHP Billiton e Rio Tinto. Para nosso gestor em Hong Kong, trata-se de um sinal de “disciplina” de oferta.

 

Na terça-feira, relatório do Credit Suisse apontou para a tendência altista do minério de ferro em 2021, com a demanda chinesa continuando forte e a oferta reduzida devido às restrições impostas pela pandemia. A geração de caixa da Vale, segunda maior produtora da commodity no planeta, deve se beneficiar da alta do minério, de acordo com os analistas.

 

Contratos futuros de minério dispararam 5% na madrugada

 

Na madrugada de hoje, os contratos futuros do minério de ferro negociados em Dalian dispararam mais de 5% após o relatório da companhia. A commodity para entrega no porto chinês de Qingdao fechou em alta de 3,52%, a US$158,03 a tonelada. O ADR da Vale negociado em Nova Iorque avança 1,54% no pré-mercado, a US$17,15.

 

 

Texto: Gustavo Boldrini
Edição: Guillermo Parra-Bernal e Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins/TC

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais