TC Mover
Mover

UBS retoma cobertura de IRB Brasil (IRBR3) com venda e reduz preço-alvo em 90%

Postado por: TC Mover em 06/10/2020 às 14:49
O UBS retomou a cobertura das ações da IRB Brasil com recomendação de venda, acreditando que levará algum tempo até que a resseguradora recupere sua credibilidade e alcance a mesma lucratividade que seus pares internacionais.

São Paulo, 6 de outubro – O UBS retomou a cobertura das ações da IRB Brasil (IRBR3) com recomendação de venda, acreditando que levará algum tempo até que a resseguradora recupere sua credibilidade e alcance a mesma lucratividade que seus pares internacionais.

Antes da suspensão da cobertura, a indicação era de compra da ação, conforme divulgado em março. O preço-alvo também foi cortado em 90%, indo de R$48,00 para R$4,60, o que implica em um potencial de queda de 47% frente ao fechamento de segunda-feira. 

Os papéis da companhia, que vinham liderando as altas do Ibovespa nos últimos pregões, recuaram 17,11%, a R$7,17, puxando as perdas do índice em porcentagem nesta terça-feira.

“Após a recente crise de governança corporativa que afetou a empresa e resultou em mudanças de gestão, somos cautelosos sobre a ação”, comentam os analistas Mariana Taddeo e Kaio Prato, que assinam o relatório do banco. 

Para eles, as margens da empresa devem ser impactadas por índices de sinistralidade mais altos diante de uma abordagem mais conservadora da empresa para provisões, enquanto os resultados financeiros devem ser pressionados por juros estruturalmente baixos.

Com isso, os analistas esperam que a resseguradora entregue um indicador de Retorno sobre Patrimônio Líquido, ou ROE na sigla em inglês, de 4% em 2021, contra 9,6% dos pares globais. 

No entanto, aos preços atuais, de R$8,10 por ação, próximo cotação de abertura hoje, o mercado está precificando um ROE em cerca de 20% e índice de sinistralidade de 62%, “o que acreditamos ser muito alto”, escrevem. Eles estimam um índice de sinistralidade de 95,2% em 2020 e 73,5% em 2021, atingindo uma taxa mais normalizada apenas em 2024. 

IRB em crise

Maior resseguradora da América Latina e detentora de uma participação de mercado de 38% no Brasil, a IRB Brasil é considerada referência por sua solidez financeira e conhecimento técnico. A empresa, que manteve o monopólio no setor no país durante 69 anos, vem enfrentando uma crise desde fevereiro, após denúncias enviadas à Comissão de Valores Mobiliários pela gestora Squadra quanto a irregularidades contábeis nas suas demonstrações financeiras, que aumentavam artificialmente o lucro.

Texto: Paula Barra

Edição: Ana Carolina Siedschlag e Ana Carolina Amaral

Arte: Nathália Reiter/TC Mover

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis