Mover

Vivo (VIVT4) registra lucro de R$1,2 bilhão no terceiro trimestre; ações da companhia caem

Postado por: TC Mover em 28/10/2020 às 11:41
A Telefônica Brasil, dona da marca Vivo, divulgou dados do seu balanço do terceiro trimestre ontem, após o fechamento da bolsa. A empresa reportou lucro líquido de R$1,2 bilhão no último trimestre, um crescimento de 25,5% na base anual.

São Paulo, 28 de outubro – A Telefônica Brasil, dona da marca Vivo, divulgou dados do seu balanço do terceiro trimestre ontem, após o fechamento da bolsa. A empresa reportou lucro líquido de R$1,2 bilhão no último trimestre, um crescimento de 25,5% na base anual.

A receita líquida da Vivo veio em R$10,8 bilhões, ligeiramente acima do consenso, que esperava por R$10,3 bilhões, mas uma queda de 2,3% sobre o ano anterior com o impacto da redução do serviço de telefonia fixa. O EBITDA, que representa o lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações, subiu 34,2% na base anual, o equivalente a R$4,32 bilhões.

Além da Vivo, Localiza, Smiles e Cielo também divulgaram seus resultados no início da noite de ontem. Confira os resultados clicando aqui.

Resultados da Vivo (VIVT4) estão em linha com redução de queda anual

No mercado móvel geral, a companhia representa participação de 33,3% no trimestre. No mercado móvel pós-pago, a Vivo caiu 1,2 ponto percentual na base anual e veio com 38,5% de participação. Já no mercado móvel pré-pago, a empresa teve alta de 2,3 ponto percentual em sua participação, para 28,1%. 

A Vivo apresentou resultados no terceiro trimestre em linha com redução da queda anual na receita e expansão da fibra ótica, segundo a Eleven Financial. 

Vivo (VIVT4) inaugurou plataforma de empréstimos online, o Vivo Money

No último dia 19 a Vivo lançou sua plataforma própria de empréstimos online, produto chamado de Vivo Money. A plataforma oferece crédito entre R$1 mil e R$30 mil, com juros a partir de 1,99% ao mês e prazo de pagamento de até 24 meses, mas somente clientes dos planos pós-pago e controle podem ter acesso ao crédito. A companhia pretende se tornar um hub digital, segundo o diretor da plataforma, Sandro Sinhorigno. 

A entrada no mercado financeiro é uma tendência entre as empresas de telefonia, que querem explorar ao máximo a sua base de clientes, bem como aproveitar um momento que pode representar alta na busca por empréstimos por conta da proximidade do fim do auxílio emergencial. 

Analistas de mercado consultados pela revista Istoé Dinheiro dizem ver com bons olhos a entrada das operadoras de telefonia no mercado financeiro, tendo em vista que essa é uma forma para que elas ofereçam mais serviços. Em entrevista, Fernando Siqueira, analista da Infinity Asset disse à Istoé que essa é uma forma diferente de as operadoras captarem novos clientes e “existe a vantagem de a operadora já conhecer bastante o perfil do usuário. Isso ajuda na hora de oferecer crédito”.

Desempenho de ações VIVT4

As ações preferenciais da Telefônica Brasil, detentora da marca Vivo, são negociadas na B3 pelo código VIVT4. Na manhã desta quarta-feira, as ações da companhia estavam em queda, de 1,6%, negociadas a R$42,81. 

Acompanhe o desempenho da empresa no ano no TC Matrix.

Texto: Ana Carolina Amaral

Edição: Angelo Pavini

Imagem: Divulgação

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais