TC Mover
Mover

XP elege Hidrovias do Brasil como favorita do setor

Postado por: TC Mover em 29/06/2021 às 16:01
Hidrovias do Brasil é favorita da XP para setor

São Paulo, 29 de junho – A XP iniciou a cobertura do setor de infraestrutura elegendo os papéis da Hidrovias do Brasil (HBSA3) como seus favoritos. A corretora afirmou que a companhia se beneficiará de uma forte demanda hidroviária, além de possuir múltiplos mais atrativos.

Para os analistas da corretora, a perspectiva positiva para produção e exportação de grãos no Centro-Oeste do país sustentará a forte demanda hidroviária e ferroviária, beneficiando principalmente a Hidrovias do Brasil e a Rumo.

Avaliação mais atrativa torna a Hidrovias do Brasil a preferência da XP no setor

Os analistas da XP estabeleceram recomendação de compra para ambas, com preço-alvo em R$9,20 e R$23,00, respectivamente, mas elegeram a Hidrovias como preferência do setor por conta de sua avaliação mais atrativa.

A casa também mantém visão positiva para as operadoras de rodovias, visando um forte pipeline de leilões de concessões rodoviárias. No entanto, a preferência fica com a CCR, uma vez que as ações da companhia (CCRO3) negociam a múltiplos mais baratos.

Além disso, a companhia apresenta uma potencial melhoria na governança corporativa, já que a gestora IG4 recentemente substituiu a Andrade Gutierrez no grupo de acionistas controladores. Para a CCR, a XP recomendou compra, com preço-alvo em R$15,50, enquanto deu recomendação neutra para os papéis da Ecorodovias (ECOR3), com alvo em R$12,40.

Analistas da XP mencionaram crescimento resiliente em terminais portuários de contêineres

No segmento de terminais portuários, a equipe de analistas estabeleceu recomendação neutra para a Santos Brasil, com preço-alvo em R$8,50. Eles recomendaram compra para as units da BRZ Infra Portos (BRZP11), com preço-alvo em R$120,00.

Para os analistas da XP, “os terminais de contêineres do Brasil têm mostrado um perfil de crescimento resiliente”. Entretanto, a recomendação para a BRZ também se resume em múltiplos mais atrativos para a empresa.

Desempenho das ações da Hidrovias do Brasil (HBSA3)

Perto das 16h00, o papel ordinário da Hidrovias do Brasil (HBSA3) subia 4,28%, cotado a R$6,34. Já as ações ordinárias da Rumo (RAIL3) e da CCR (CCRO3) caíam respectivamente 0,71%, a R$19,47, e 1,27%, a R$13,24. Desempenho das ações da Hidrovias do Brasil

Também analisados pela XP, os papéis ordinários da Ecorodovias (ECOR3) e da Santos Brasil (STBP3) recuavam respectivamente 1,92%, a R$11,72, e 2,28%, a R$9,00. As units da BRZ (BRZP11) caíam 0,68%, a R77,01. No mesmo horário, o Ibovespa operava em queda de 0,34%, aos 126,9 mil pontos.

Para acompanhar o desempenho das ações da Hidrovias do Brasil e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Peter Frontini
Edição: Lucia Boldrini e João Pedro Malar
Imagem: Divulgação


Leia também

IGP-M desacelera em junho com valorização do real

Aneel sobe bandeira vermelha em 52%, podendo puxar inflação

Coronavírus traz cautela aos mercados após rali; bandeira tarifária, arrecadação no radar: Espresso

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais