Mover

XP inicia Orizon com compra citando resiliência do setor e ESG

Postado por: TC Mover em 20/04/2021 às 16:01

São Paulo, 20 de abril – A Orizon, companhia de gestão de resíduos que estreou na B3 em fevereiro, conta com um modelo de negócios resiliente, baixa concorrência e práticas de Ambiente, Sociedade e Governança, o chamado ESG, como parte de seu DNA, destacou a XP em relatório. Nele, a corretora iniciou a cobertura das ações ordinárias da empresa com recomendação de compra e preço-alvo de R$29,00.


Orizon possui grandes perspectivas de crescimento, com momento favorável, diz XP

Segundo a corretora, a Orizon possui “grandes perspectivas de crescimento apoiadas por fundamentos sólidos e um momento regulatório favorável”, com a previsão de um aumento na demanda por aterros sanitários, principal especialidade da companhia, em meio ao fechamento de lixões pelo país.

O modelo resiliente de negócios da empresa, segundo a XP, traz “receitas previsíveis devido à natureza essencial do serviço de gestão de resíduos”. O relatório também destaca que o ESG está inscrito no DNA da companhia, que acompanha a tendência de transformação na gestão de resíduos.

“Como uma empresa de tratamento e recuperação de resíduos, com atuação no final da cadeia de valor da gestão de resíduos, vemos a Orizon como uma provedora de soluções chave para as tendências ESG, com o modelo de negócio da empresa baseado na economia circular, estando diretamente envolvida na gestão responsável de resíduos”, diz a corretora.


Analistas determinaram preço-alvo com potencial de valorização de 37%

As ações ordinárias da companhia de gestão de resíduos não refletem o potencial de crescimento da companhia na avaliação dos analistas Maira Maldonado, Gabriel Francisco e Marcella Ungaretti, que assinam o estudo.

Os analistas determinaram preço-alvo de R$29,00 para o papel, com um potencial implícito de cerca de 37% de valorização em relação aos patamares atuais.


Desempenho das ações da Orizon (ORVR3)

Perto das 16h00, o papel da Orizon (ORVR3) caía 0,05%, cotado a R$21,09. A ação acumula queda de 4,14% desde sua estreia na B3, em 17 de fevereiro. No mesmo horário, o Ibovespa operava em baixa de 0,80%, aos 119,9 mil pontos.


Orizon


Para acompanhar o desempenho das ações da Orizon e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Gustavo Boldrini
Edição: Lucia Boldrini e João Pedro Malar
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

Vieira: Acordo do Orçamento fortalece pauta econômica

Produção de minério de ferro da Vale desaponta mercado; ações caem

Ricardo Barros vê privatização dos Correios, MP da Eletrobras perto de análise

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais