TC Mover
Mover

FGV faz estudo preliminar para substituir IGP-M em contratos de aluguel

Postado por: TC Mover em 05/04/2021 às 19:05

São Paulo, 5 de abril – A Fundação Getúlio Vargas, responsável pela elaboração do Índice Geral de Preços – Mercado, IGP-M, o mais usado para calcular o custo do aluguel, planeja criar um novo indicador. Este, por sua vez, seria menos permeável às distorções criadas pelas flutuações violentas no dólar e nas commodities, e mais adequado ao mercado de locação.


Substituto do IGP-M para locação está em fase preliminar

Segundo o professor Paulo Picchetti, da FGV, o novo indicador que substituiria o chamado Índice Geral de Preços–Mercado, conhecido como IGP-M, ainda está na fase preliminar da pesquisa. A instituição está em busca de parceiros e metodologias. Uma das razões é que as commodities têm grande peso no cálculo do IGP-M, por serem negociadas em dólar. Mesmo após a implementação do novo indicador, o IGP-M continuará existindo.

A desvalorização cambial e a disparada do minério de ferro e o petróleo puxaram a alta do índice para 31,12% nos 12 meses findos em março. Picchetti afirmou ainda que a expectativa é que o IGP-M retorne pelo menos à marca de 23%, registrada no final de 2020. O movimento da FGV vem após a fintech Quinto Andar anunciar a substituição do IGP-M pelo IPCA nos contratos de aluguel, como forma de garantir mais equilíbrio na relação entre proprietários e inquilinos.

Texto: Clara Guimarães
Edição: Guillermo Parra-Bernal e Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

Ministro Paulo Guedes diz que Orçamento deve ter veto parcial e nega atritos com Congresso

Especial: Vale é quase unanimidade em carteiras de abril e Magalu perde espaço

Vale renova recorde histórico com recompra e minério em alta

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais