Mover

Brent oscila após Arábia Saudita sugerir aumento de produção de petróleo

Postado por: TC Mover em 17/02/2021 às 15:13
Petróleo

São Paulo, 17 de fevereiro – O futuro do petróleo Brent oscilou nesta quarta-feira após o jornal The Wall Street Journal noticiar que o reino da Arábia Saudita pretende aumentar a produção de petróleo a partir de abril, tendo em vista a recuperação do preço do barril no mercado internacional.


Brent chegou a cair 0,10% após anúncio

Logo após a informação, fornecida ao The Wall Street Journal pelos assessores do reino, o petróleo Brent para entrega em abril chegou a cair 0,10%, mas voltou a subir, registrando alta de 1,12% por volta das 15h10, cotado a US$ 64,06.

Arábia Saudita se comprometeu a cortar produção de petróleo até março

Em janeiro, a Arábia Saudita, que é o maior exportador de petróleo do mundo, se comprometeu com a Organização dos Países Exportadores de Petróleo, Opep, grupo de maiores produtores da commodity, a cortar a produção de um milhão de barris por dia em fevereiro e março, em um esforço para elevar os preços por causa da queda da demanda durante os fechamentos pela pandemia.

A decisão da Arábia Saudita foi tomada devido à necessidade da Rússia e do Cazaquistão, aliados da Opep, de elevar suas produções de petróleo, e foi anunciada um dia após a retomada das relações diplomáticas e comerciais entre o reino saudita e o Catar, pondo fim a um embargo iniciado em 2017.

Por esse acordo, os sauditas disseram que o aumento da produção de petróleo só passaria a valer a partir de abril. Segundo esses mesmos assessores, os planos podem ainda ser revertidos, caso as circunstâncias mudem, e a intenção ainda não foi comunicada oficialmente à Opep, o que deve ocorrer na próxima reunião, em março.

Texto: Guilherme Dogo
Edição: Guillermo Parra-Bernal e João Pedro Malar
Arte: TC Mover


Leia também

Câmara se reúne para discutir prisão de deputado pró-Bolsonaro

Corleta: As commodities ainda têm espaço para subir mais?

Calendário Econômico: Vencimento de opções, varejo, ata do FOMC

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais