Aumento das criptomoedas no Afeganistão preocupa, diz WSJ - TC
TC Mover
Mover

Crescimento das criptomoedas no Afeganistão preocupa, diz Wall Street Journal

Postado por: TC Mover em 10/09/2021 às 14:42
Criptomoedas no Afeganistão

São Paulo, 10 de setembro – A possibilidade de o Talibã adotar as criptomoedas como política econômica nacional pode contribuir para o Afeganistão evitar sanções internacionais. Foi o que disseram especialistas em segurança ao Wall Street Journal.

Recentemente, o Afeganistão se tornou um dos 20 no mundo com mais adoção aos criptoativos, segundo o índice “2021 Global Crypto Adoption”. O uso é majoritariamente civil, segundo o próprio jornal, e está contribuindo para ajudar os afegãos a guardarem seu dinheiro e fazer transações em um país em que o acesso às finanças tradicionais é dificultado pelas sanções ocidentais.

Até o momento, o Talibã não se posicionou sobre as criptos. Porém o possível aumento das dificuldades políticas e econômicas deve provocar essa discussão. “O Talibã pode olhar para as criptos se as sanções americanas continuarem e o país for ‘cortado’ do sistema financeiro global”, disse Richard Goldberg, ex-membro do Conselho de Segurança Nacional dos EUA, ao jornal.

Texto: Nicolas Nogueira
Edição: Stéfanie Rigamonti
Arte: Mover


Leia também

Vendas no varejo brasileiro aceleram em julho e atingem patamar recorde

Especial: O que acontece quando a inflação não atinge a meta?

Arthur Lira sinaliza avanço na PEC dos Precatórios na CCJ

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais