TC Mover
Mover

EUA registram a inflação mais alta em 13 anos

Postado por: TC Mover em 13/07/2021 às 11:52
Inflação nos EUA acelera

São Paulo, 13 de julho – A inflação ao consumidor nos EUA acelerou em junho além do previsto em todas as comparações. No acumulado de 12 meses, o Índice de Preços ao Consumidor, IPC, americano registrou a maior alta em 13 anos, azedando os índices acionários em Nova Iorque na abertura, especialmente o Nasdaq, que nos últimos tempos se beneficiava de um sentimento de melhora no custo de vida. Mas, por volta das 11h30, as bolsas americanas operavam sem direção única.

O resultado de junho coloca em xeque a visão do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, de que a retomada ainda precisa avançar bastante antes que se inicie a redução de estímulos emergenciais adotados na pandemia.

Inflação dos EUA frustra consenso de desaceleração

A inflação nos EUA nos 12 meses findos em junho acelerou a 5,40%, a maior em 13 anos, de 5,00% em maio. O dado frustrou a expectativa de desaceleração no mês para 4,90%. O núcleo, que exclui os preços voláteis de alimentos e combustíveis, bateu a projeção de 4,00% e avançou até 4,50%.

Na base mensal, os preços subiram 0,90%. A expectativa é que perdessem ímpeto a 0,50%, dos 0,60% registrados em maio. O núcleo avançou ainda mais, de 0,70% em maio para 0,90% em junho. Nesse caso, a estimativa era de desaceleração, para 0,40%.

Perto das 11h30, faltando meia hora para a abertura do mercado à vista, o contrato futuro contínuo do Nasdaq caía 0,22%, enquanto o S&P500 operava praticamente estável, subindo 0,02% e o Dow Jones subia 0,26%.

Aumento da demanda foi principal catalisador da inflação americana em junho

Os consumidores americanos estão lidando com o processo inflacionário mais virulento em mais de uma década, na medida que a recuperação econômica se acelera. Os dados sugeriram que o principal fator para a disparada da inflação em junho foi o aumento da demanda.

A procura por produtos e serviços nos EUA ultrapassou a capacidade das empresas de acompanhar o ritmo, especialmente em itens relacionados a viagens aéreas, hotéis, aluguel de carros, entretenimento e recreação. A escassez de oferta e o apagão logístico global também contribuíram para a escalada da inflação.

Texto: Lucia Boldrini
Edição: Guillermo Parra-Bernal e Letícia Matsuura
Arte: TC Mover


Leia também

Bancos começam temporada de balanços nos EUA; inflação, serviços, reformas, política no radar: Espresso

Calendário Econômico: Serviços, IPC, balanços

Exterior e Reforma Tributária animam Ibovespa; no radar, serviços, inflação, balanços: Espresso

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais