Senado dos EUA aprova robusto pacote de infraestrutura - TC
TC Mover
Mover

Senado dos EUA aprova robusto pacote de infraestrutura

Postado por: TC Mover em 10/08/2021 às 16:13
Senado dos EUA aprova estímulos

Rio de Janeiro, 10 de agosto – O Senado dos EUA aprovou nesta terça-feira, 10, um pacote de infraestrutura de US$1,2 trilhão, o mais expressivo do país nos últimos 12 anos, possibilitando uma das maiores injeções de recursos federais em obras públicas do país nas últimas décadas.

Com a decisão tomada por 69 votos a favor, sendo que 19 deles de republicanos, e 30 contra, a aprovação reflete uma vitória para a agenda econômica do presidente Joe Biden, após semanas de embates.

Líder da oposição no Senado dos EUA apoiou plano de infraestrutura

O plano, descrito pela Casa Branca como “histórico”, que recebeu apoio inesperado de vários republicanos, inclusive de Mitch McConnell, líder da oposição no Senado dos EUA, impactará praticamente todos os setores da economia americana, proporcionando novos financiamentos para transporte, serviços públicos, e acesso à internet de banda larga.

As mais de 2,7 mil páginas da legislação explicitam que US$110 bilhões serão direcionados para o reparo de rodovias, pontes e viadutos. Outros US$66 bilhões terão como objetivo ampliar e melhorar ferrovias e trens de passageiros e cargueiros.

O projeto aprovado no Senado dos EUA contempla ainda US$7,5 bilhões para a construção de uma rede nacional de postos para recarga de automóveis elétricos, indústria que o governo de Joe Biden busca avanço, com o planejamento de que 50% dos carros vendidos no país sejam elétricos até o fim da década. O pacote aloca também US$47 bilhões para a resposta a eventos climáticos, como secas e tempestades, que deverão se tornar mais frequentes nos próximos anos.

Com apoio bipartidário no Senado dos EUA, o projeto segue para a Câmara

O texto, resultado do apoio bipartidário no Senado dos EUA, agora seguirá para a Câmara. A matéria pode encontrar objeções, porém sem maiores riscos, visto que os democratas têm maioria folgada na Casa.

Pelo Twitter, o presidente dos EUA, Joe Biden, comemorou o resultado. “Boas notícias, pessoal: o Acordo Bipartidário de Infraestrutura foi oficialmente aprovado pelo Senado. Espero que o Congresso encaminhe-o para minha mesa o mais rápido possível, para que possamos continuar nosso trabalho de reconstrução melhor”, escreveu.

Ainda de acordo com Joe Biden, o projeto será responsável pela geração de postos de trabalho no país, com boa remuneração, e gerará crescimento da atividade.

Líder da maioria no Senado dos EUA comemorou aprovação do estímulo

O líder da maioria no Senado dos EUA, Chuck Schumer, também comemorou o plano de infraestrutura, o mais robusto desde que o Congresso americano aprovou, em 2009, um pacote de estímulo em resposta à crise econômica, que ocorreu em 2007.

“Hoje o Senado toma um passo necessário há décadas para revitalizar a infraestrutura americana e dar aos nossos trabalhadores, negócios e economias as ferramentas necessárias para sobreviver no século XXI”, disse democrata, que é do estado de Nova Iorque.

Bolsas americanas operam mistas

Por volta volta das 16h00, as bolsas americanas operavam de forma mista. O Dow Jones avançava 0,47%, a 35.265 pontos, próximo da máxima intradiária. O S&P 500 também avançava 0,13%, a 4.438 pontos, enquanto o Nasdaq recuava 0,43%, aos 14.796 pontos.

No mercado doméstico, o Ibovespa caía 0,47%, aos 122.444 pontos. O índice não acompanhava o avanço pronunciado de papéis de siderúrgicas, após a aprovação do pacote no Senado dos EUA. Na esteira dos ganhos, a mineradora Vale (VALE3) registrava alta, bem como a Petrobras (PETR4).

Texto: Cíntia Thomaz
Edição: Gabriel Ponte e Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / Mover


Leia também

IPCA de julho tem maior variação desde 2002; energia pesa

Mercado local digere ata do Copom e IPCA; política no radar: Espresso

Mansano, Vieira: Parcelamento de superprecatórios é protocolo fiscal, não pedalada

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais