Mover

Yellen defende estímulos e combate à pandemia para salvar economia

Postado por: TC Mover em 19/01/2021 às 19:29
yellen congresso

São Paulo, 19 de janeiro – Janet Yellen, indicada do presidente-eleito Joe Biden para o cargo de Secretária do Tesouro americano, acredita que o pacote de estímulos da futura gestão vai ajudar os Estados Unidos a não passarem por uma recessão tão longa quanto a de 2008.

 

Segundo Yellen, os benefícios do pacote são maiores do que os riscos. A ex-presidente do Federal Reserve, o banco central americano, também defendeu uma trajetória sustentável do orçamento público após a economia mostrar sinais de recuperação, o que, segundo ela, começa com um combate efetivo à pandemia.

 

Yellen se declarou a favor de impostos sobre ganhos de capital

 

Durante a sabatina na Comissão Financeira do Senado, Yellen disse que pretende estudar o apetite do mercado para os Treasuries de 50 anos, o que ajudaria a manter as taxas de juros em baixa. Porém, em outras ocasiões que isso foi colocado na mesa, os investidores não se mostraram otimistas.

 

Em outra polêmica, Yellen disse que Biden não propõe voltar com os impostos sobre empresas, que foram cortados em 2017, mas disse ser favorável à taxação progressiva de renda e à taxação dos ganhos de capital. A indicada ao Tesouro também ressaltou que defende um dólar forte e competitivo ante pares, e não busca enfraquecimento da moeda para obter vantagem.

 

Governo Biden quer combater práticas abusivas da China

 

Questionada sobre a relação do país com a China, Yellen afirmou que Biden tornará os Estados Unidos mais competitivo em relação às práticas chinesas abusivas, e ressaltou que o país asiático é o concorrente mais importante e estratégico. Yellen defendeu que os americanos combatam “agressivamente” tais mecanismos desleais, como os subsídios usados pela China.

 

O presidente da Comissão, o senador democrata Ron Wyden, espera que os parlamentares entrem em acordo amanhã para a indicação de Yellen, tendo a confirmação do plenário na quinta-feira. Amanhã, às 14h00 no horário de Brasília, Biden tomará posse como o 46º presidente dos Estados Unidos.

 

Texto: Guilherme Dogo

Edição: Kariny Leal, João Pedro Malar e Letícia Matsuura
Arte: TC Mover

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais