TC Mover
Mover

Altas da atividade econômica e da prévia do IGP-M superam consenso

Postado por: TC Mover em 19/04/2021 às 15:15
atividade econômica

São Paulo, 19 de abril – A atividade econômica e a segunda prévia do Índice Geral de Preços – Mercado, IGP-M, subiram acima do previsto. As altas dos dois indicadores macroeconômicos indicam pressões na inflação e na taxa Selic. Isto colocou força nos contratos de juros futuros de curto prazo, especialmente os de janeiro de 2022 e janeiro de 2023 pela manhã. Contudo, a declaração do presidente da Câmara Arthur Lira diminuiu incertezas sobre o Orçamento, deixando os DIs em queda.


Índice de atividade econômica deu indícios de recuperação antes de volta de restrições

Considerado uma prévia do Produto Interno Bruto, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central, IBC-Br, teve alta de 1,70% em fevereiro, acima do consenso do TC, que apontava avanço de 0,90%.

O índice mostrou que a economia brasileira dava indícios de recuperação antes do aperto das medidas restritivas pela Covid-19 em março. Comparado com fevereiro do ano passado, houve variação positiva de 0,98%. Na comparação anual, a estimativa era de queda de 0,40%.


Queda nos combustíveis contribuiu para recuo do IGP-M

Já o IGP-M teve alta de 1,17% na segunda prévia de abril, mas desacelerou frente à alta de 2,98% no mesmo período de março. No entanto, assim como a atividade econômica, o dado veio acima do consenso de 0,84%, o que indica que a pressão inflacionária continua rondando a economia brasileira. Com esse resultado, a taxa acumulada em 12 meses passou de 31,15% para 31,57%.

André Braz, coordenador dos índices de preços da Fundação Getúlio Vargas, FGV, afirmou que a desaceleração da 2ª prévia do IGP-M frente ao mês anterior é ocasionada pelo enfraquecimento da pressão cambial e maior estabilidade nos preços das commodities. A principal contribuição para o recuo do IGP-M veio justamente dos combustíveis, cuja taxa passou de alta de 15,93% para queda de 1,20%.


Atividade econômica e IGP-M mostram pressão na inflação e juros

Os resultados da atividade econômica e da prévia do IGP-M, de maior pressão na inflação e na taxa Selic, chegaram a pressionar os contratos de juros futuros, DIs, mais curtos. Entretanto, por volta das 15h15, os contratos de juros futuros caíam até 21 pontos-base, em reação à fala de Arthur Lira. O presidente da Câmara afirmou que o Orçamento de 2021 deverá respeitar o Teto de Gastos.

Texto: Guilherme Dogo
Edição: Lucia Boldrini, Letícia Matsuura e João Pedro Malar
Arte: TC Mover


Leia também

Arthur Lira confirma que Orçamento deverá respeitar Teto de Gastos

Via Varejo aprova primeira emissão de debêntures atreladas à sustentabilidade

Ministério de Minas e Energia confirma fundo e não interferência em preços dos combustíveis

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais