TC Mover
Mover

As mais lidas da semana: Cyrela, Duretex, criptomoedas

Postado por: TC Mover em 13/02/2021 às 8:00
as mais lidas da semana

São Paulo, 13 de fevereiro – A alta das ações da Cyrela, código CYRE3, após relatório sobre fintech está entre as mais lidas da semana da TC Mover. A coluna de Sérgio Sanita sobre a Duretex, código DTEX3, também chamou a atenção dos leitores. Além disso, a nova máxima histórica do Bitcoin e disparada de outras criptomoedas após apoio de Elon Musk em rede social está na lista. Confira!


Cyrela (CYRE3) dispara após relatório sobre fintech CashMe

A Cyrela Brazil Realty, código CYRE3, subiu pelo segundo dia consecutivo após o Credit Suisse apontar para uma unidade de financiamento digital de hipotecas que tem o potencial de deixar a avaliação da maior incorporadora residencial de alta renda do país bem mais atrativa. Leia aqui a matéria.

Sérgio Sanita: Duretex

O contribuidor do TC, Sérgio Sanita, apresenta aos leitores a Duratex. Abordando as áreas de atuação da empresa, Sanita discute as possibilidades de investimento e de retorno ligadas à empresa do setor de construção. Leia aqui a coluna na íntegra.

Especial: Criptomoedas disparam com apoio de Elon Musk

Elon Musk mostrou o apoio à Dogecoin, criptomoeda nascida de uma brincadeira, o que movimentou o mercado de criptoativos. A Tesla, fabricante americana de carros elétricos de Musk, comprou US$1,5 bilhões em Bitcoin, ajudando a criptomoeda a atingir novo patamar histórico. Em entrevista exclusiva à TC Mover, o especialista em criptomoedas Paulo Boghosian disse acreditar que esse apoio de Elon Musk e de outros influenciadores digitais, como Chamath Palihapitiya e Dave Portnoy, às moedas digitais é “um protesto contra o sistema financeiro tradicional”. Leia aqui a matéria.

Itaú BBA vê Banco Inter (BIDI11) no índice MSCI em revisão trimestral

O Itaú BBA espera com moderada convicção a inclusão das units do Banco Inter, código BIDI11, na carteira de Brasil do índice MSCI de Mercado Emergentes dentro da revisão trimestral que deve ser divulgada na terça, após o fechamento dos mercados. Leia aqui a matéria.

BTG Pactual mantém cautela com Ambev (ABEV3) e questiona qualidade do balanço

O BTG Pactual questionou a solidez dos volumes de vendas e a qualidade dos lucros da Ambev, código ABEV3, que estão cada vez mais dependentes de benefícios fiscais, e reduziu a estimativa de lucro operacional e por ação para esse ano. O papel ordinário da maior produtora de bebidas da América Latina recuou pelo quarto pregão em cinco com a notícia. Leia aqui a matéria.

Texto: João Pedro Malar
Edição: Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / TC


Leia também

Sanita: Grupo Natura (NTCO3)

Mansano, Vieira: Autonomia do BC reduzirá, mas não eliminará interferência

Especial: Congresso garantirá auxílio emergencial, mas diluirá ajuste

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais