TC Mover
Mover

As mais lidas da semana: Oi (OIBR3), HASH11, Petrobras (PETR4)

Postado por: TC Mover em 27/06/2021 às 7:00
Oi está nas mais lidas da semana

São Paulo, 27 de junho – A entrevista exclusiva do diretor-presidente da Oi, Rodrigo de Abreu, à TC Rádio está entre as mais lidas da semana. Ele afirmou que o ano de 2022 deverá ser frutífero para a empresa, que espera consolidar sua reestruturação, A matéria sobre o HASH11, o primeiro ETF de criptomoedas a ser negociado na B3, ficou entre as mais lidas na TC Mover. A estreia do fundo ocorreu em meio ao crescimento do mercado de criptomoedas, durante a pandemia.

Outro destaque foi a elevação da recomendação para os recibos de ação negociados em Nova Iorque, ADRs, da Petrobras pelo Bank of America. O banco citou o potencial de desalavancagem e geração de caixa da empresa com a alta no petróleo Brent. Confira abaixo as notícias mais lidas da semana!


Especial: Oi consolidará reestruturação, diz Rodrigo de Abreu

O próximo ano será frutífero para a Oi, que projeta entrar com receita superior a R$4 bilhões, provenientes apenas da fibra óptica. A empresa planeja, ainda, receber a totalidade dos recursos das vendas da InfraCo e Oi Móvel, além de consolidar a reestruturação, disse o diretor-presidente Rodrigo de Abreu em entrevista à TC Rádio na última terça-feira, 22. Leia aqui a matéria.


Especial: Entenda o HASH11 e as emergentes criptomoedas

Em meio à pandemia do coronavírus, queda generalizada das bolsas globais, incertezas e volatilidade no câmbio, um mercado em especial ganhou forças: o das criptomoedas. O rali iniciado no ano passado se arrastou para 2021. Agora, com o aumento da demanda pelas moedas digitais, o Brasil ganhou seu primeiro ETF de criptomoedas, o chamado HASH11. Leia aqui a matéria.


Bank of America eleva Petrobras para compra por alta do Brent

As ações da Petrobras operam em forte alta na última segunda-feira, 21, após um relatório do Bank of America que elevou a recomendação para os recibos de ação negociados em Nova Iorque, ADRs, da companhia (PBR) de neutra para compra. O banco citou o potencial de desalavancagem e geração de caixa com a alta no petróleo Brent. Leia aqui a matéria.


Dogecoin despenca ao menor patamar em dois meses

A criptomoeda meme Dogecoin chegou a cair mais de 20% na última segunda-feira, 21, atrapalhada pela baixa generalizada no mercado dos criptoativos e pelo apetite menor dos investidores aos ativos de risco após o Federal Reserve, o banco central dos EUA, indicar que pode subir a taxa de juros americana mais rápido do que o previsto. Leia aqui a matéria.


Magazine Luiza salta após Goldman Sachs reiterar recomendação

As ações da Magazine Luiza (MGLU3) saltaram mais de 5% na última quinta-feira, 24, com analistas do Goldman Sachs reiterando sua recomendação de compra. A justificativa foi a estratégia de criação de um amplo ecossistema digital para os comerciantes e clientes da empresa. Leia aqui a matéria.

Texto: João Pedro Malar
Edição: Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / TC


Leia também

PCE desacelera e pode levar S&P500 à melhor semana desde abril

Sanita: Alta demanda por aço favorece Gerdau

Petrobras é única vendedora em leilão de energia

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais