Mover

As mais lidas da semana: Política 2021, Banco do Brasil, forward guidance

Postado por: TC Mover em 17/01/2021 às 8:00
as mais lidas da semana

São Paulo, 17 de janeiro – A análise de Leopoldo Vieira sobre a política brasileira em 2021; as incertezas sobre permanência de André Brandão na presidência do Banco do Brasil; e a coluna de economista-chefe do TC, Fernanda Mansano, sobre a forward guidance estão entre as mais lidas da semana.

Ações do Banco do Brasil (BBAS3) caem com incertezas de permanência de Brandão

 

As ações do Banco do Brasil, código BBAS3, fecharam em queda de 0,24%, oscilando durante a quinta-feira em meio às incertezas sobre permanência de André Brandão na presidência da instituição. A mídia chegou a informar ontem que o presidente Jair Bolsonaro teria demitido Brandão. Leia aqui a matéria.

Especial: 2021, um ano de decisões na política

 

O Brasil ainda vive um momento delicado devido a um vácuo de atuação do Congresso, que está focado nas eleições para presidência da Câmara e do Senado em fevereiro de 2021. O presidente Jair Bolsonaro inicia seu terceiro ano de mandato sem data para começar a vacinação contra o novo coronavírus. Enquanto isso, mais de 40 países do mundo já começaram a fazer isso com suas populações. Leia aqui a matéria especial completo.

 

Fernanda Mansano: Banco Central e a utilização do forward guidance

 

 

A economista chefe do TC Fernanda Mansano analisa a utilização do mecanismo de orientação futura, forward guidance em inglês, pelo Banco Central, além da possibilidade da organização deixar de usar o instrumento a partir de 2021. Leia aqui a coluna na íntegra.

 

BCE vê inflação voltando ao azul no início do ano e pede mais suporte fiscal

 

O Banco Central Europeu, BCE, disse na ata de sua mais recente reunião de política monetária, divulgada na quinta-feira, que a inflação na Zona do Euro deve voltar ao azul ao longo dos primeiros meses de 2021. Mas quaisquer altas no custo de vida estão ancoradas nas expectativas dos investidores, segundo a autarquia. Leia aqui a matéria.

Fluxo estrangeiro pauta o comportamento da Vale (VALE3)

 

A presença dos investidores estrangeiros ao longo dos últimos 30 dias na negociação de ações ordinárias da Vale, código VALE3, está por trás da forte alta de quase 16% no papel no período, refletindo o otimismo com o ritmo de estocagem de minério de ferro na China, o papel dos estímulos econômicos na infraestrutura e o enfraquecimento do real. Leia aqui a matéria.

Texto: João Pedro Malar
Edição: Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / TC

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais