TC Mover
Mover

Ata do Copom faz mercado apostar em alta maior da taxa Selic

Postado por: TC Mover em 22/06/2021 às 14:36
Ata do Copom fez mercado elevar apostas para a taxa Selic

São Paulo, 22 de junho – A ata do Copom, o Comitê de Política Monetária, veio mais dura do que o esperado, ampliando as apostas do mercado de aceleração da alta da taxa básica de juros, a taxa Selic, a partir da próxima reunião em agosto. O documento sinaliza juro acima do patamar neutro, segundo avaliação de economistas.


Itaú Unibanco projeta alta da taxa Selic em 1 ponto percentual na reunião de agosto

O Itaú Unibanco diz que a ata do Copom, divulgada hoje, “indica um ritmo mais rápido de normalização monetária”. Por isso, passou a ver um aumento de 1 ponto percentual na taxa Selic em 4 de agosto, dos atuais 4,25% para 5,25%.

Além disso, a equipe liderada por Mario Mesquita entende que, nas reuniões seguintes, o Copom optará por uma alta de 0,75 ponto percentual em setembro e outra de meio ponto em outubro, o que levará a taxa a 6,50% no fim do ano, quando eles acreditam que o ciclo de alta será encerrado.


Economista prevê taxa Selic a 7,00% em 2021 após ata do Copom

Para o banco Fator, a ata do Copom fortalece o viés de elevação da taxa Selic para nível superior ao considerado neutro. Além disso, o documento revela a intenção de novas altas nas próximas reuniões, sem interrupção e no mesmo ritmo.

Para o economista-chefe do Fator, Francisco de Lima Gonçalves, a taxa básica de juros deve terminar o ano em 7,00%. O valor fica acima do juro considerado neutro, ou seja, em um patamar contracionista para a atividade econômica.


Ata do Copom mostra que balanço de riscos da inflação é altista, segundo analista

Já Felipe Sichel, estrategista-chefe do banco digital Modalmais, avalia que a ata do Copom mostra que o balanço de riscos da inflação é altista e que o comitê levantou a possibilidade de uma elevação dos juros em 1 ponto percentual já na reunião de junho. “Apesar de indicarem uma nova alta de 0,75 ponto percentual para agosto, a chance de um aumento em 1 ponto ganhou ainda mais força”, destaca.

Para o Banco Bradesco, a expectativa de que os juros cheguem a 6,50% ao final de 2022 deve ser antecipada para este ano.


Bank of America espera que taxa Selic termine 2021 acima do juro neutro

Já o Bank of America espera agora que o Banco Central “aumente o ritmo de alta e entregue dois aumentos de 1 ponto em agosto e setembro, seguido por um aumento de meio ponto em outubro e um aumento final de 0,25 ponto percentual em dezembro, com a Selic atingindo 7,00%, acima do juro neutro. Antes da ata do Copom, o banco via a taxa Selic fechar 2021 em 6,50%.

Com as novas apostas, os juros futuros, DIs, mais curtos passaram a ampliar as altas. Perto das 14h35, o juro para 2022 ganhava 14 pontos-base, para 5,720%. A taxa para 2023 ia aos 7,250%, com avanço de 14 pontos-base. Já a taxa para 2024 registrava aumento de 10 pontos-base.

Texto: Bárbara Leite
Edição: Guilherme Dogo e João Pedro Malar
Arte: TC Mover


Leia também

MP da Eletrobras segue para sanção presidencial

Copom cogitou acelerar alta da taxa Selic em junho, diz ata

Mercado instável espera fala de Jerome Powell e ata do Copom: Espresso

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais