TC Mover
Mover

Banco do Brasil (BBAS3) lança ETF de Ibovespa com menor taxa do mercado

Postado por: TC Mover em 13/10/2020 às 20:51

São Paulo, 13 de outubro – Começaram a ser negociadas hoje na B3 as cotas do fundo de Índice Bovespa da BB DTVM. O fundo, também chamado de ETF, ou Exchange Traded Fund, permite ao investidor aplicar em todas as ações do índice com pequenos valores. 

O fundo, que tem código de negociação BBOV11, é o segundo da BB DTVM e o 19º da B3, além de ser o quinto ETF referenciado no Ibovespa.  O ETF do BB terá a menor taxa de administração do mercado para fundos atrelados ao Ibovespa, de 0,18% ao ano. 

O ETF funciona como uma empresa, que compra ações de acordo com as carteiras de determinado índice. Depois, vende contas na bolsa, e cada cota representa todas as ações do índice. Com isso, permite ao investidor ter uma carteira igual à do Ibovespa, que custaria milhões de reais, por apenas R$50,00 no caso do ETF da BB DTVM.  O investidor pode então comprar e vender cotas do ETF para outros investidores, como se fosse uma ação. 

Para Mario Palhares, diretor de Produtos Listados da B3, a diversificação da carteira do ETF reduz o risco do investidor. Além disso, a praticidade de investimento com baixa aplicação inicial e a transparência na negociação realizada em bolsa, chama a atenção do investidor.

ETF do BB terá a menor taxa

Líder de mercado, a BB DTVM possui patrimônio líquido superior a R$ 1,15 trilhão sob gestão, mas chega um pouco atrasada ao segmento de ETFs, depois de concorrentes como Itaú Unibanco, Bradesco, BlackRock e até Caixa Econômica Federal. Como compensação, o ETF terá a menor taxa de administração do mercado para fundos Ibovespa. 

Para Carlos André, presidente da BB DTVM “lançamos o BB ETF Ibovespa com a melhor taxa de administração do mercado, mais uma iniciativa em linha com nosso compromisso de promover a diversificação e assim melhorar continuamente a jornada dos investidores”, disse. 

Vantagens do ETF

Segundo a B3, o ETF traz uma série de vantagens aos investidores, como: liquidez, uma vez que conta com formadores de mercado e é negociado em bolsa, sendo comprado e vendido como se fosse uma ação; diversificação, com apenas uma transação o ETF proporciona o investimento em uma cesta de ativos; e transparência, com divulgação diária da composição da carteira do índice e formação de preço em bolsa.

Texto: Angelo Pavini
Edição: Letícia Matsuura
Imagem: Divulgação

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais