Bolsas caem com "efeito China"; balanços no radar - TC
TC Mover
Mover

Bolsas caem com “efeito China”; balanços, política no radar: Espresso

Postado por: TC Mover em 27/07/2021 às 10:09
Bolsas caem com China

São Paulo, 27 de julho – O pré-mercado de Nova Iorque opera em baixa firme, após os principais índices atingirem máximas históricas ontem no mercado à vista. A queda vai em linha com as bolsas europeias e mais uma sessão de perdas das bolsas chinesas, que seguem reagindo negativamente ao cerco regulatório do governo contra papéis de tecnologia e empresas de educação privada.

Há mais notícias negativas da Ásia. O lucro industrial das empresas chinesas teve desaceleração expressiva em junho. Além disso, em Hong Kong, a condenação do primeiro manifestante pró-democracia com base na nova lei de segurança nacional do território tende a acirrar tensões com os EUA.

Hoje é o primeiro dia da reunião do FOMC, o comitê decisório de juros dos Estados Unidos. O resultado será divulgado amanhã às 15h00, seguido de entrevista coletiva do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell. O Índice Dólar DXY avança. O iene em alta também evidencia movimento defensivo dos investidores.

Bolsas estrangeiras no vermelho devem pesar no Ibovespa

No Brasil, como nos EUA, o dia é carregado de balanços trimestrais: sairão os dados de Telefônica, CSN e CSN Mineração, Carrefour Brasil e Assaí após o fechamento. Depois do ajuste de alta ontem no Ibovespa, bolsas estrangeiras no negativo podem pesar. Além disso, faltará apoio das commodities. O dólar em alta faz o petróleo oscilar perto da estabilidade, e o minério de ferro voltou a cair forte, com tombo de quase 3% em Dalian.

Na chuva de balanços prevista nos EUA, e que pode definir o rumo das bolsas amanhã, a Apple, Google e Microsoft saem depois do fechamento. Tesla, que divulgou resultado forte ontem, avança mais de 2% no pré-mercado.

Para conferir o Espresso na íntegra e outros conteúdos exclusivos, assine um dos planos do TC.

Texto: Mover
Edição: Letícia Matsuura
Arte: Mover

Leia também

Calendário Econômico: Balanços, INCC, FMI

Ibovespa fecha em alta impulsionado por blue chips e mineração

Jair Bolsonaro muda discurso sobre “fundão” de R$4 bilhões

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais