TC Mover
Mover

Bolsas caem com medo do vírus; no radar, balanços, eleição EUA, Copom: Espresso

Postado por: TC Mover em 27/10/2020 às 18:33
As bolsas caíram hoje pelo terceiro pregão seguido nos Estados Unidos com um novo recorde de novos casos de Covid-19 aumentando o temor de que uma segunda onda do coronavírus poderá debilitar a já fraca retomada da economia americana enquanto o Congresso do país não consegue avançar nas negociações para um novo pacote de estímulos.

São Paulo, 27 de outubro – As bolsas caíram hoje pelo terceiro pregão seguido nos Estados Unidos com um novo recorde de novos casos de Covid-19 aumentando o temor de que uma segunda onda do coronavírus poderá debilitar a já fraca retomada da economia americana enquanto o Congresso do país não consegue avançar nas negociações para um novo pacote de estímulos. 

A decisão da maioria republicana do Senado, de suspender as sessões até dia 9 de novembro, depois das eleições, sepultou de vez as esperanças de alguma ajuda fiscal antes da votação. Resultados de empresas abaixo do esperado ou acompanhados de revisões para pior para o resto do ano também levaram os investidores a aumentarem a cautela e reduzirem suas posições em ativos de risco, como ações. 

A proximidade da eleição presidencial americana daqui uma semana e as ameaças do presidente Donald Trump de apelar para a Justiça caso se confirme a vitória do democrata Joe Biden, conforme mostram as pesquisas, também incentiva um maior conservadorismo dos investidores.

A agenda desta quarta-feira será marcada por balanços de empresas importantes no Brasil. O mercado vai começar repercutindo os números que sairão hoje à noite, de Raia Drogasil, Localiza, Smiles, Cielo e Telefônica Brasil. 

Amanhã, depois do fechamento, saem Vale, Petrobras e Bradesco, acompanhadas ainda por Pão de Açúcar, Embraer, Energias do Brasil, Gerdau, Cesp, Tupy e Odontoprev. Além dos números, os investidores vão prestar atenção nas projeções das companhias para os próximos meses. 

Na agenda econômica, além do Copom, sai a Sondagem da Indústria da Fundação Getúlio Vargas de outubro, que deve continuar indicando a recuperação da atividade. 

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais