Bolsas caem com receio com economia; ata do FOMC no radar-TC
TC Mover
Mover

Bolsas caem com receio com economia; no radar, ata do FOMC, opções, reforma: Espresso

Postado por: TC Mover em 17/08/2021 às 19:51
Bolsas caem por receio

São Paulo, 17 de agosto – As bolsas fecharam em queda em Nova Iorque. O Dow Jones e o S&P500 interromperam a sequência de cinco altas após dados mais fracos de vendas no varejo. Com os índices americanos perto de suas máximas, os investidores realizaram lucros, aguardando a ata da última reunião do Federal Reserve amanhã e acompanhando o avanço da variante Delta.

As bolsas americanas encerraram negativas, com realização após recordes e depois de dados de varejo reavivarem preocupações com desaceleração da recuperação econômica. Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq 100 caíram 1,03%, 0,96% e 1,10%, respectivamente.

O petróleo também fechou com perdas, enquanto mercado avalia impacto do coronavírus na demanda e dados fracos da China. O Brent para outubro recuou 0,69% e o WTI para setembro, 1,04%.

Com realização das bolsas americanas e impasse na Câmara, Ibovespa cai

No Brasil, o Ibovespa testou o piso de 117 mil pontos na véspera de vencimentos de opções e futuro de índice, sob impacto do exterior e da dificuldade em votar a Reforma do Imposto de Renda na Câmara.

O Ibovespa fechou em queda de 1,07% a 117.903 pontos, na esteira da realização das bolsas no exterior e o impasse na tramitação do projeto de Reforma do Imposto de Renda. Na mínima da sessão, o índice chegou a tocar o menor patamar desde abril, em 116.247 pontos. O dólar fechou em alta de 0,67% a R$5,305 acompanhando o índice DXY, que subia 0,57%. A curva de juros fechou em leve alta, com a parte curta subindo até 4 pontos-base e a longa próxima da estabilidade.

Para conferir o Espresso na íntegra e outros conteúdos exclusivos, assine um dos planos do TC.

Texto: Mover
Edição: Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / Mover


Leia também

IRB Brasil melhora resultados, mas segue no vermelho

Votação da Reforma do Imposto de Renda hoje depende de acordo, aponta Arthur Lira

Machado, Vieira: Polêmicas de Jair Bolsonaro minam condições de Rodrigo Pacheco para avançar reformas

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais