Bolsas fecham em alta com ajuste; no radar, IPC nos EUA - TC
TC Mover
Mover

Bolsas fecham em alta com ajuste; no radar, IPC nos EUA, serviços, China, reformas: Espresso

Postado por: TC Mover em 13/09/2021 às 19:41
Bolsas nos EUA e no Brasil

São Paulo, 13 de setembro – O clima das bolsas melhorou nesta segunda-feira, 13. Os investidores ajustaram suas carteiras depois da queda das ações na semana passada. O Dow Jones e o  S&P500 interromperam sequência de cinco quedas e fecharam em alta, beneficiados pela redução na média de casos de Covid-19 nos Estados Unidos e alta do petróleo.

No Brasil, a trégua política abriu espaço para o Ibovespa voltar para os 116 mil pontos e dólar e juros recuarem, na expectativa de retomada das reformas e da negociação para adiamento dos precatórios. Mesmo assim, o Ibovespa ainda cai 2,0% no mês.

Setor financeiro e energia impulsionam bolsas americanas

Após cinco sessões consecutivas no negativo, os índices Dow Jones e S&P500 encerraram a sessão desta segunda-feira com altas respectivas de 0,76% e 0,23%, impulsionados pelo setor financeiro e de energia. O Nasdaq 100 fechou em leve queda de 0,04%. O petróleo, que valorizou em meio à lenta recuperação da produção no Golfo do México e projeções otimistas da Opep para a demanda. O WTI para outubro subiu 1,05% e o Brent para novembro, 0,81%.

O Ibovespa acompanhou encerrou a sessão positivo com o aval das bolsas americanas e expectativa por avanço da pauta econômica. Segundo o sócio-fundador da Fatorial Investimentos, Jansen Costa, os setores locais como bancos, consumo e energia elétrica recuperaram-se hoje das pressões políticas após o Sete de Setembro. O índice subiu 1,85%, a 116.403 pontos.

Nessa esteira, o dólar recuou 0,65%, a R$5,234, e a curva de juros acompanhou, com queda de até 12 pontos-base, sem catalisadores relevantes. “O Boletim Focus também não trouxe nada surpreendente”, avaliou Costa.

Para conferir o Espresso na íntegra e outros conteúdos exclusivos, assine um dos planos do TC.

Texto: Mover
Edição: Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / Mover


Leia também

Especial: AES Brasil quer levantar cerca de R$1 bilhão em oferta, dizem fontes

JPMorgan vê taxa Selic em 9,00%, crescimento abaixo de 1% em 2022

Vieira: Desidratação de Bolsonaro em sua base fiel pode ajudar na estabilização institucional

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais