Mover

Bolsas olham para Opep+, Powell e prévia do Ibovespa; no radar, Aneel: Espresso

Postado por: TC Mover em 01/12/2020 às 9:35

São Paulo, 1 de dezembro – As bolsas de Ásia e Europa deram início ao último mês deste ano tão atribulado em grande estilo, com ganhos decorrentes de dados econômicos positivos. Diferentemente da abordagem pessimista de ontem, os ativos de risco reagem bem, refletindo os resultados da pesquisa do PMI de manufatura japonesa e chinesa, que superaram as expectativas. 

Entre esses dados, o destaque foi para o número divulgado pela pesquisa Caixin, que mostrou uma retomada econômica de grande amplitude, cobrindo setores e empresas de todos os tamanhos na China. Enquanto isso, o comitê de política monetária do Banco Central de Reserva da Austrália vai manter o juro básico estável em 0,10% até a próxima reunião, em fevereiro. 

No olhar do mercado, é como se continuássemos presos em uma narrativa em que as esperanças relacionadas às vacinas e tratamentos contra o coronavírus confrontassem com sucesso as adversidades econômicas globais de curto prazo. O petróleo pode reagir à reunião dos países que formam a Opep+, que pode estender os cortes de produção até março.

Extensão do rali, vacinas e ambiguidade fiscal

Por ora, o saldo é e deve continuar positivo, como coloca nossa editora Bárbara Leite hoje em análise na TC Mover. No entanto, a extensão do rali atual até o Natal ou além dependerá, em grande parte, de que os gargalos esperados na distribuição das vacinas não se concretizem, assim como que os governos consigam mitigar o fechamento parcial das econômicas por causa do atual surto da Covid-19. 

“A aprovação e o lançamento inicial das vacinas ajudam no curto prazo, mas ainda levará algum tempo para que isso mude o escopo da interação social e comercial”, disse o contribuidor do TC e trader Israel Massa. 

Voltando para a análise de Leite, no Brasil, especificamente, a condição crucial para a melhora do mercado local reside na resolução da ambiguidade fiscal existente entre o governo do presidente Jair Bolsonaro e o Congresso. “Está demais. Precisa avançar de alguma forma”, aponta Massa. O dia também traz ter leituras de PMI nos Estados Unidos e Brasil.

Texto: TC Mover
Edição: Letícia Matsuura
Imagem: Vinícius Martins/TC

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais