Mover

Bolsas sobem de olha na eleição nos EUA; no radar, PMIs, indústria, balanços: Espresso

Postado por: TC Mover em 03/11/2020 às 19:44

São Paulo, 03 de novembro – As bolsas subiram hoje, com os investidores animados pela expectativa de que a eleição nos Estados Unidos, uma das mais disputadas da história, se resolva rapidamente, sem disputa judicial, abrindo espaço para a aprovação de estímulos para manter o ritmo de recuperação da atividade. 

Há também a aposta na possibilidade de vitória do democrata Joe Biden e da conquista por seu partido de maioria no Senado e na Câmara, o que facilitaria um novo pacote de estímulos maior, de US$2 trilhões, ou 10% do PIB americano – e ajudaria o mercado de ações, como avaliou o UBS BB. 

A votação, porém, vai prosseguir pela madrugada e as apurações devem levar alguns dias, diante da grande participação popular, com mais de 100 milhões de votantes, boa parte deles enviando votos pelo correio, o que pode complicar ainda mais a apuração.

Produção industrial deve desacelerar

Na agenda de amanhã, o destaque local será a Produção Industrial Mensal de setembro calculada pelo IBGE. O dado deve mostrar uma ligeira desaceleração dos 3,2% de aumento em agosto para 2,4%, confirmando, porém, a tendência de recuperação do setor que, ao lado do varejo, tem puxado a retomada da economia brasileira, enquanto serviços sofre ainda com restrições. O Banco Central divulga também seu índice de preços de commodities, que pode indicar pressões sobre a inflação, assunto também do IPC da Fipe de outubro. 

No exterior, atenção para os PMIs do setor de serviços da Zona do Euro e dos Estados Unidos de outubro, que podem sofrer por conta da nova onda de isolamento social. A agenda de balanços segue pesada, com Gol, ABC Brasil, Ultrapar, BrasilAgro, D1000, Alpargatas, BR Properties, Cia Hering, EcoRodovias, Profarma e São Carlos amanhã.

Texto: TC Mover
Edição: Letícia Matsuura
Imagem: Nathália Reiter/TC

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais