TC Mover
Mover

BTS explode em sua estreia no mercado de ações com alta de 90%

Postado por: TC Mover em 15/10/2020 às 17:10

São Paulo, 15 de outubro – A gravadora Big Hit Enterteinment, patrocinadora da banda k-pop BTS, estreou na bolsa sul-coreana nesta quinta-feira, 15, e o primeiro pregão foi tão explosivo quanto o mais recente hit do grupo, a canção Dynamite. A ação precificada a 135 mil won, cerca de US$115, teve alta de 90%.

A alta mostra que, apesar da preocupação com a “vida útil” da banda pop, “pelo visto, os investidores enxergam como uma ótima oportunidade o fato de serem sócios de um fenômeno musical”, diz Betina Roxo, analista da corretora Rico Investimentos.

Conforme a Big Hit, a oferta pública inicial, IPO, atraiu aproximadamente 1.420 investidores na fase de pré-subscrição, dos quais quase 100% disseram que pagariam o maior valor proposto pela companhia. Cada um dos sete membros da banda recebeu 68.385 ações do presidente da BHE, Bang Si-hyuk. 

BTS corresponde a 90% da receita da Big Hit

A Big Hit apresentou lucro operacional de US$85,4 milhões de dólares em maio de 2019 e receita de US$508 milhões. O BTS representa 90% do faturamento da gravadora.

Em 2019, a turnê mundial Love Yourself: Speak Yourself, que passou pelo Brasil, fez o BTS desbancar todos os artistas americanos, exceto Metallica, arrecadando US$170 milhões.

Arte: Nathália Reiter/TC

BTS, uma dinamite

Jin, Suga, J-Hope, RM, Jimin, V e Jung-kook se juntaram em 2013 para explodir no mundo da música com o estilo batizado de K-Pop, que arrasta multidões de adolescentes para shows e para serviços de venda de músicas. 

Atualmente, o BTS conseguiu ficar no topo da lista da Billboard, que reúne as músicas mais tocadas nos Estados Unidos. A música que conseguiu este feito é Dynamite, a mais recente do grupo e a primeira com letra completamente em inglês. 

O grande sucesso do BTS é um exemplo do salto que a Coreia do Sul deu no mercado global da música. O setor movimenta cerca de U$4,7 bilhões e pulou da 30ª posição em 2007 para a sexta em 2019, de acordo com a Federação Internacional da Indústria Fonográfica, INFI.

Texto: Letícia Matsuura
Edição: Angelo Pavini
Arte: Nathália Retiher/TC

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis