TC Mover
Mover

BTS leva K-Pop para o mercado de ações com IPO de Big Hit

Postado por: TC Mover em 28/09/2020 às 15:20

A banda de sucesso sul-coreana BTS vai levar o ritmo do K-Pop para o mercado de ações em outubro. A oferta pública inicial, IPO na sigla em inglês, foi precificada hoje, entre 115 mil wons e 135 mil wons, cerca de US$ 115, por ação. A estreia da banda, fenômeno da música pop, na Bolsa de Seul está marcada para 15 de outubro. A gravadora do BTS, Big Hit Entertainment, BHE, pretende arrecadar mais de US$800 milhões, o que daria para a empresa um valor de mercado de cerca de US$4 bilhões.

Conforme a Big Hit, o IPO atraiu aproximadamente 1.420 investidores na fase de pré-subscrição, dos quais quase 100% disseram que pagariam o maior valor proposto pela companhia. Cada um dos sete membros da banda recebeu 68.385 ações do presidente da BHE, Bang Si-hyuk. A BHE apresentou lucro operacional de US$85,4 milhões de dólares em maio de 2019 e receita de US$508 milhões. O BTS representa 90% do faturamento da gravadora.



Arte: Nathália Reiter

Estreia do BTS no mercado acionário

O IPO marca a entrada da empresa de entretenimento na bolsa de valores em um momento em que o setor ganha destaque em meio à pandemia, ao lado de gigantes como Netflix e das companhias de tecnologia. Com o isolamento limitando a circulação, o consumo de bens e serviços por meios digitais está impulsionando as empresas do setor, que sustentam a alta das bolsas americanas este ano. No caso do BTS, a oferta foi feita na Bolsa de Seul. Isto significa que, a partir do lançamento oficial das ações no mercado, os papéis da empresa serão negociados no pregão.

Existem dois tipos de IPOS. Os primários são quando há novas ações para venda, capitalizando a empresa. O IPO do BTS é primário. Mas há também os secundários, que são as vendas de ações já existentes. Para levantar capital com as ações, a empresa tem algumas obrigações, como prestar contas aos acionistas compradores.

BTS, uma dinamite

Jin, Suga, J-Hope, RM, Jimin, V e Jung-kook se juntaram em 2013 para explodir no mundo da música com o estilo batizado de K-Pop, que arrasta multidões de adolescentes para shows e para serviços de venda de músicas. Atualmente, o BTS conseguiu ficar no topo da lista da Billboard, que reúne as músicas mais tocadas nos Estados Unidos. A música que conseguiu este feito é Dynamite, a mais recente do grupo e a primeira com letra completamente em inglês. Foram mais de 320 milhões de visualizações em poucas semanas.

O grande sucesso do BTS é um exemplo do salto que a Coreia do Sul deu no mercado global da música. O setor movimenta cerca de U$4,7 bilhões e pulou da 30ª posição em 2007 para a sexta em 2019, de acordo com a Federação Internacional da Indústria Fonográfica, INFI.

Em 2019, a turnê mundial Love Yourself: Speak Yourself, que passou pelo Brasil, fez o BTS desbancar todos os artistas americanos, exceto Metallica, arrecadando US$170 milhões.

Texto: Letícia Matsuura
Edição: Angelo Pavini
Arte: Nathália Reiter/TC

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis