Mover

Calendário Econômico: Inflação, reunião do Copom, PIB

Postado por: TC Mover em 08/12/2020 às 6:00

São Paulo, 8 de dezembro – O Calendário Econômico desta terça-feira destaca a divulgação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo, IPCA, o índice de inflação oficial do Banco Central. Além disso, os investidores ficarão atentos ao primeiro dia de reunião do Comitê de Política Monetária, Copom, para decidir a taxa básica de juros, a taxa Selic. Também faz parte da agenda econômica o Produto Interno Bruto, PIB, da Zona do Euro. Confira abaixo o Calendário Econômico completo.

Zona do Euro – A variação do Produto Interno Bruto, PIB, do terceiro trimestre e o Índice ZEW de percepção econômica de dezembro serão divulgados na Zona do Euro às 7h00, horário de Brasília. O PIB deve disparar 12,60%. 

Selic – A terça-feira é marcada pelo primeiro dia da reunião do Comitê de Política Monetária, Copom, para decidir a manutenção ou alteração da taxa básica de juros, a Selic. Atualmente, os juros básicos estão em 2,00% ao ano.

Inflação – O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE, vai divulgar na terça o Índice de Preços ao Consumidor Amplo, IPCA, de novembro. Este dado é o índice de inflação oficial do Banco Central. No mês anterior, o IPCA aumentou 0,86%. A expectativa é de desaceleração para perto de 0,70% no mês e alta de 4,11% em 12 meses.  

IPC-S – Outro dado de inflação que sai na terça é o IPC-S, Índice de Preços ao Consumidor – Semanal. Na quadrissemana anterior, teve alta de 0,94%.

Eventos – Às 10h00 começa o segundo dia da Conferência Amazônia do Itaú. Já às 10h30, acontece o Investor Day da BRF.

Rede D’or – A Rede D’or vai precificar a oferta pública inicial, IPO na sigla em inglês, às 18h00. O código de negociação da companhia na B3 será RDOR3.

Petróleo – O Instituto de Petróleo Americano, API, vai divulgar os estoques de petróleo no país. Na semana anterior, foram registrados 4,10 milhões de barris.

China – À noite, sai o Índice de Preços ao Consumidor, IPC, chinês de novembro, que deve apresentar queda de 0,20% na comparação mensal. Além disso, também será divulgado na China o Índice de Preço ao Produtor, IPP, de novembro. O consenso aponta estabilidade no índice.

Texto: Letícia Matsuura
Edição: Angelo Pavini
Imagem: Divulgação

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais