Mover

Calendário Econômico: Taxa Selic, IBC-Br, posse de Biden, balanços

Postado por: TC Mover em 15/01/2021 às 22:35

São Paulo, 15 de janeiro – O Calendário Econômico da próxima semana destaca a reunião do Comitê de Política Monetária, Copom, do Banco Central sobre a taxa básica de juros, taxa Selic. O Banco Popular da China e os bancos centrais do Japão e da União Europeia também avaliarão possíveis mudanças em suas taxas.

 

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central, IBC-Br, fará parte da agenda econômica brasileira. Nos Estados Unidos, Joe Biden tomará posse como o 46º presidente do país na quarta-feira e sairão balanços de empresas como IBM e Netflix. Confira o Calendário Econômico completo abaixo.

 

Domingo

 

Ativos – A agenda econômica da semana inicia com dados sobre o investimento em ativos fixos acumulado da China de dezembro. A expectativa é de alta de 3,20%.

 

PIB – Sai o Produto Interno Bruto, PIB, do quarto trimestre de 2020 da China. O consenso TC indica crescimento de 3,10% em relação ao trimestre anterior e de 6,10% na comparação anual.

 

Indústria – Os investidores saberão a produção industrial chinesa de dezembro, que registrou alta de 7,00% no mês anterior.

 

Varejo – As vendas do varejo da China de dezembro também serão divulgadas na noite do domingo. O último registro mostrou aumento de 5,00% na comparação anual.

 

Emprego – Além disso, a taxa mensal de desemprego da China fará parte do Calendário Econômico. Em novembro, o número de desempregados ficou em 5,20%.

 

Segunda-feira

 

IPC-S – O Índice de Preços ao Consumidor – Semanal, IPC-S, será divulgado nesta segunda-feira. Na quadrissemana anterior, a inflação foi de 0,79%.

 

Relatório Focus – O Banco Central apresentará o Relatório Focus, que reúne projeções do mercado para a economia brasileira. Fazem parte do documento as previsões para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo, IPCA, Produto Interno Bruto, PIB, taxa Selic e taxa de câmbio.

 

Atividade econômica – O Índice de Atividade Econômica do Banco Central, IBC-Br, reunirá os dados do varejo, indústria e serviços de novembro. Foi registrada alta de 0,86% no mês anterior.

 

Vencimento – Os investidores devem se atentar ao vencimento de opções sobre ações na bolsa brasileira, que será nesta segunda-feira.

 

Balança comercial – O Ministério da Economia anunciará a balança comercial semanal brasileira.

 

Indústria – Sai durante a noite a produção industrial do Japão de novembro. No mês anterior, foi registrada alta de 4,00%.

 

Terça-feira

 

IPC alemão – Integra a agenda o Índice de Preços ao Consumidor, IPC, da Alemanha de dezembro. O indicador teve deflação de 0,80% em novembro.

 

Percepção econômica – Será apresentado o Índice ZEW de percepção econômica da Alemanha e da União Europeia, referentes a janeiro. No mês anterior, foram registrados 55,0 e 54,4 pontos, respectivamente.

 

IGP-M – A Fundação Getúlio Vargas, FGV, informará a segunda prévia do Índice Geral de Preços de Mercado, IGP-M, de janeiro. A primeira prévia teve alta de 1,18%.

 

Conta Corrente – Ainda na terça-feira, sai o saldo da conta corrente da União Europeia, que foi de 34,1 bilhões de euros em novembro.

 

Copom – Começa às 11h00 o primeiro dia de reunião do Comitê de Política Monetária, Copom, do Banco Central, que definirá a manutenção ou alteração da taxa básica de juros, taxa Selic.

 

Vale – A Vale, negociada na bolsa pelo código VALE3, fará uma audiência com o governo de Minas Gerais às 14h00 sobre um possível acordo referente ao rompimento da barragem de Brumadinho em 2019.

 

Petróleo – O Instituto Americano de Petróleo, API, anunciará os estoques de petróleo no país.

 

Balanço – O Bank of America, a Goldman Sachs e a Netflix divulgarão os lucros líquidos do quarto trimestre de 2020.

 

Juros – O Banco Popular da China apresentará às 22h30, horário de Brasília, a decisão sobre a taxa prime de um ano, que atualmente é de 3,85% ao ano.

 

Quarta-feira

 

Taxa Selic – A decisão do Copom sobre a taxa básica de juros, taxa Selic, que atualmente está em 2,00%, será anunciada às 18h30. A expectativa do mercado é de manutenção dos atuais 2,00% ao ano.

 

IPC-Fipe – Sai o Índice de Preços ao Consumidor, IPC, calculado pelo Instituto Fundação de Pesquisas Econômicas, Fipe. Na quadrissemana anterior, a alta foi de 0,79%.

 

Câmbio – O Banco Central divulgará o fluxo cambial. Na semana anterior, o saldo foi de US$1,3 milhões.

 

Joe Biden – O presidente-eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, tomará posse como o 46º presidente do país às 12h30, horário de Brasília.

 

Petróleo – A agência governamental americana Administração de Informação de Energia, EIA, informará os estoques de petróleo do país. Foi registrada queda de 3,24 mil barris na semana anterior.

 

Balanços – As empresas Morgan Stanley, UnitedHealth, US Bancorp, Bank of New York Mellon, United Airlines e Procter&Gamble anunciarão os lucros líquidos referentes ao quarto trimestre de 2020.

 

Imóveis – A Associação Nacional de Construtores de Casas, NAHB, informará o índice do mercado imobiliário residencial americano de janeiro. No mês anterior, o indicador foi de 86 pontos.

 

IPP alemão – Já na maior economia europeia, a Alemanha, será divulgado o Índice de Preços ao Produtor, IPP, de dezembro. No mês anterior, o indicador mostrou inflação de 0,20%.

 

IPC britânico – Os investidores acompanharão o Índice de Preços ao Consumidor, IPC, do Reino Unido de dezembro. Foi registrada queda de 0,10% em novembro.

 

IPC europeu – Sai o Índice de Preços ao Consumidor, IPC, da União Europeia de dezembro. No mês anterior, houve deflação de 0,30%. Também será informado o núcleo de IPC, que exclui alimentos e energia.

 

Balança comercial – Ainda na quarta-feira, a balança comercial do Japão de dezembro será divulgada. Teve superávit de 366,8 bilhões de ienes no mês anterior.

 

Quinta-feira

 

Japão – O Banco do Japão decidirá às 0h00, horário de Brasília, a taxa de juros do país. Atualmente, ela está em 0,10%. Além disso, saem o Índice de Preços ao Consumidor, IPC, referente a dezembro e os Índices de Gerentes de Compras, PMIs, industrial, serviços e composto de janeiro.  

 

Juros europeus – O Banco Central Europeu, BCE, apresentará a decisão referente à taxa de juros da União Europeia, que está em 0,00%.

 

Depósitos e cedência– O BCE também decidirá quais serão as taxas de facilidade permanente de depósito, que caiu 0,50% no mês anterior, e de facilidade de cedência de dezembro. No mês anterior, o indicador subiu 0,25%.

 

Confiança do consumidor – Sai o índice GfK de confiança do consumidor no Reino Unido de janeiro. No mês anterior, o indicador teve queda de 26,0 pontos.

 

Seguro-desemprego – Os investidores acompanharão a quantidade semanal de pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos.

 

Atividade industrial – Sai o índice de atividade industrial de janeiro do Federal Reserve, Fed, de Boston. Em dezembro, o indicador ficou em 11,1 pontos.

 

Construção – Será informado quantas casas novas foram construídas em dezembro nos Estados Unidos. No mês anterior, foram 1,54 milhões de novas residências.

 

HBR Realty – A administradora imobiliária HBR Realty precificará a oferta pública inicial, IPOs na sigla em inglês, às 18h00. A estreia na B3, com o código HBRE3, ocorrerá às 10h00 da terça-feira, 26.

 

BTG Pactual – Já o banco BTG Pactual precificará a oferta primária subsequente, o chamado follow-on, de units, código BPAC11, às 18h00.

 

Balanço – A Intel e a IBM divulgarão os lucros líquidos obtidos no quarto trimestre de 2020.

 

Sexta-feira

 

Varejo – Os investidores acompanharão na madrugada da sexta-feira as vendas do varejo de dezembro no Reino Unido. No mês anterior, a queda foi de 3,80%. Também sairá o núcleo de vendas do varejo, que exclui automóveis, gasolina, materiais de construção e alimentação, referente ao mesmo mês.

 

PMI britânico – Serão divulgados os Índices de Gerentes de Compras, PMIs, de serviços, industrial e composto, que soma os dois setores, do Reino Unido referentes a janeiro. Os PMIs industrial e composto apresentaram aceleração em dezembro, mas serviços indicou retração.

 

Zona do Euro – Também na sexta-feira, saem os PMIs de serviços, industrial e composto da União Europeia de janeiro. O referente aos serviços foi de 46,4 pontos.

 

PMI americano – Além disso, o Calendário Econômico inclui os PMIs, de serviços, industrial e composto americanos de janeiro. No mês anterior, todos os setores aceleraram.

 

Balanço – Estará no radar dos investidores a divulgação dos lucros líquidos de AbbVie e Honeywell.

 

Casas usadas – Sai a variação de vendas de casas usadas nos Estados Unidos de dezembro. Nomês anterior teve queda de 2,50% nas vendas.

 

Petróleo – Sai a contagem de sondas de petróleo nos Estados Unidos da Baker Hughes. Na semana anterior, foram registradas 373 sondas.

 

Texto: João Pedro Malar

Edição: Letícia Matsuura

Imagem: Divulgação

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais