TC Mover
Mover

Cautela pré-feriado, ajuste mantêm ativos no vermelho; IBC-Br, auxílio no radar: Espresso

Postado por: TC Mover em 12/02/2021 às 10:09
feriado no mundo

São Paulo, 12 de fevereiro – Após os índices americanos S&P500 e Nasdaq fecharem em suas máximas históricas, os futuros apontam para uma realização leve no pregão desta sexta, véspera de feriado no mundo afora, que trazem cautela adicional às negociações. Além da bolsa brasileira, Estados Unidos, Canadá, Argentina e China também não abrem na segunda-feira. Por aqui, a folga vai até à quarta-feira de cinzas pelas 13h00, enquanto as bolsas chinesas só retornam na quinta e Hong Kong na terça, ainda pelas comemorações do novo Ano do Touro.

As ações europeias caíam com dados econômicos mistos do Reino Unido, com o Produto Interno Bruto subindo 1% ante a projeção de alta de 0,6% e a produção industrial ficando abaixo do esperado, mas caminhavam para a segunda semana de ganhos. Moedas emergentes e commodities também recuam, sem um grande catalisador. O petróleo se ajusta pelo segundo dia, depois de oito altas, que elevaram o preço da commodity em 12% e perspectivas mais negativas sobre a demanda da Agência Internacional de Energia.

Na próxima quarta tem vencimento de opções sobre o Ibovespa, outro fator que pode trazer mais volatilidade ao mercado local, que segue focando no auxílio emergencial. Segundo o Estado, o governo deve fixar o benefício em R$250, como admitiu ontem o ministro da Economia, Paulo Guedes, em live do BTG Pactual e com quatro parcelas, como antecipou o presidente Jair Bolsonaro, e não três, como queria Guedes. A ajuda, segundo a publicação, viria atrelada a duas Propostas de Emenda Constitucional: uma nova PEC de Guerra e uma PEC com medidas de cortes de gastos.


IBC-Br e IGP-10 vieram acima do esperado

Juros podem reagir ainda ao Índice de Atividade Econômica do Banco Central, IBC-Br, que superou expectativas, e Índice Geral de Preços – 10, IGP-10, que veio mais salgado do que o previsto, depois de Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, mostrar ontem receio com inflação, mas também enfatizar piora da economia.

O mercado deve repercutir ainda ao lucro do Banco do Brasil ligeiramente acima das estimativas e aguarda a precificação da oferta pública inicial da CSN Mineração, que deve ter levantado R$7 bilhões, segundo o Estadão. Em meio à chuva de ofertas públicas iniciais, IPOs na sigla em inglês, Oceanpact faz sua estreia na B3.

Texto: TC Mover
Edição: Letícia Matsuura
Imagem: TC Mover

Para conferir o Espresso na íntegra e outros conteúdos exclusivos, assine um dos planos do TC.


Leia também

Especial: Congresso garantirá auxílio emergencial, mas diluirá ajuste

Calendário Econômico: IBC-Br, IGP-10, balanços

Bitcoin renova máxima histórica para US$48,5 mil

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais