Com flexibilização, brasileiros voltam às compras físicas - TC
TC Mover
Mover

Com a flexibilização das restrições, brasileiros voltam às compras físicas, aponta Itaú

Postado por: TC Mover em 24/08/2021 às 17:49
Compras físicas aumentam com a flexibilização das restrições

São Paulo, 24 de agosto – Com o avanço da vacinação no país, a diminuição dos casos de Covid-19 e a consequente flexibilização das medidas de restrições, os brasileiros voltaram às compras físicas. É o que aponta o novo relatório do banco Itaú sobre o comportamento do consumidor.

De acordo com o levantamento, o consumo de vendas físicas representou 78,9% no segundo semestre deste ano, frente aos 21,1% das compras virtuais. Os dados são referentes às movimentações de cartões de débito e crédito do banco e da Rede.

Viagens e gastos com lazer

O estudo ainda sinaliza que os brasileiros voltaram a viajar e a gastar com serviços pessoais, frequentando espaços de lazer, como bares. Mas esses tipos de consumo ainda não atingiram os níveis pré-pandemia.

O turismo, que apresentou queda de 85,2% em 2020 ante 2019, atingiu um crescimento de 269,1% em 2021 em relação ao segundo trimestre do ano passado.

Resultado sobre compras virtuais ainda é inconclusivo

Segundo o diretor de estratégia e engenharia de dados do Itaú, Moisés Nascimento, é cedo para concluir que houve diminuição de compras virtuais. Contudo já é possível verificar que há uma parcela que migrou do e-commerce e voltou a consumir presencialmente.

“Ainda não dá para dizer que há uma desaceleração das compras on-line, mas sim que há uma estabilização da parcela que migrou das compras físicas para o on-line. As transações on-line estão ficando num patamar pouco acima de 21%. Com a flexibilização das restrições, vemos as compras físicas voltando a todo vapor e nos próximos levantamentos vamos saber se isso é uma tendência”, disse.

Segundo o levantamento, as compras pela internet deram um salto de 15,8% no segundo trimestre de 2019 para 22,8% no quarto trimestre de 2020. Agora, o e-commerce apresentou recuo de até 21,1%.

Tendências na compras físicas e online

Para o diretor de estratégia do Itaú, as compras de alimentação têm mostrado uma tendência de se tornarem on-line, com um crescimento de 38,2% no segundo semestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. Ainda assim, Moisés Nascimento demonstrou surpresa com o fato de o consumo pela internet ter se estabilizado com a retomada da economia.

Com relação ao ambiente físico, os segmentos que apresentaram maior crescimento no segundo trimestre de 2021 foram os atacadistas, com um aumento de 35,4% ante 2020, e lojas de materiais de construção, com 31,6%.

Texto: Cíntia Tomaz
Edição: Guilherme Dogo e Stéfanie Rigamonti
Arte: Vinícius Martins / Mover


Leia também

Joe Biden é desaprovado pela maioria nos Estados Unidos pela primeira vez

Arthur Lira sinaliza manutenção de reformas na agenda da Câmara

Fundo de investimento: quando e como optar por esse formato de aplicação?

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais