TC Mover
Mover

Confiança dos pequenos negócios cresce após cinco quedas

Postado por: TC Mover em 11/05/2021 às 16:29
Confiança dos pequenos negócios subiu após cinco meses

São Paulo, 11 de maio – O índice de confiança dos pequenos negócios cresceu em abril, na esteira das flexibilizações das medidas restritivas pelo país e dos sinais de recuperação de atividade acima do esperado neste início de ano. Foi o primeiro movimento positivo em cinco meses, especialmente nos setores de comércio e serviços, mostrou a pesquisa conduzida pelo Sebrae em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, FGV.


Comércio teve o melhor desempenho da pesquisa, e serviços avançaram após duas quedas

Segundo o levantamento, a confiança das micro e pequenas empresas atingiu 88,10 pontos em abril, alta de 6,60 pontos frente a março. O comércio foi o setor que teve o melhor desempenho, crescendo 11,60 pontos no índice de confiança, atingindo 79,90 em abril.

Outro setor analisado na pesquisa de confiança dos pequenos negócios, o de serviços, teve avanço de 4,60 pontos. Ele vinha de duas quedas seguidas, chegando a 79,70 no mês passado.

Os dados reforçam a expectativa de desempenho da economia melhor que o esperado do Banco Central nos próximos meses, conforme a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária, Copom, divulgada hoje. Segundo a ata, o Copom espera uma “retomada robusta” no segundo semestre.


Confiança dos pequenos negócios deve ser vista com moderação, afirma presidente do Sebrae

Entretanto, o presidente do Sebrae, Carlos Melles, disse que o crescimento da confiança dos pequenos negócios deve ser encarado com parcimônia, já que muitas empresas dos setores pesquisados ainda estão aquém do período pré-pandemia.

Ele ressaltou ainda que “a continuidade desta recuperação dependerá de programas de manutenção de emprego e auxílio às empresas, além de sinalizações mais positivas em relação à pandemia, como a ampliação do programa de vacinação e novos programas para micro e pequenas empresas”.

Nessa linha, o único setor que teve queda na confiança dos pequenos negócios foi o de indústria de transformação, com recuo de 0,90 pontos. Ele passou para 95,80 pontos, menor nível desde junho de 2020. De acordo com o estudo, os empresários do setor estão mais pessimistas devido ao alto nível de estoques e dificuldades para novas contratações.

Texto: Guilherme Dogo
Edição: Angelo Pavini e João Pedro Malar
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

XP vê ações da Bemobi (BMOB3) descontadas

Tesouraria da Hering comprou ações enquanto negociava fusão

Banco Central aponta projeções abaixo da meta por juro neutro

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais