Criptomoedas, variante Iota, precatórios: As Mais Lidas - TC
TC Mover
Mover

Criptomoedas, variante Iota, precatórios: As Mais Lidas

Postado por: TC Mover em 14/08/2021 às 6:00
Criptomoedas, coronavírus, precatórios

São Paulo, 14 de agosto – A notícia que o Senado americano anunciou consenso sobre a lei de infraestrutura está entre as mais lidas da semana. O projeto deve eximir mineradores e validadores de criptomoedas de procedimentos fiscais burocráticos e custosos. A variante Iota da Covid-19 também se destacou. De acordo com estudo americano, a nova cepa pode ser mais transmissível e letal que as outras variantes, além de conseguir escapar das respostas imunológicas de indivíduos em até 10% dos casos.

A coluna da economista-chefe do TC, Fernanda Mansano e o analista político da Mover, Leopoldo Vieira, sobre os precatórios também chamou a atenção dos leitores. Segundo eles, a possibilidade de parcelamento das dívidas judiciais da União acima de R$66 milhões se diferencia dos mecanismo que embasou o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Confira abaixo as notícias mais lidas da semana!

Senado americano anuncia consenso sobre criptomoedas

O Senado americano anunciou na última segunda-feira, 9, um consenso sobre o projeto de lei de infraestrutura que está tramitando no congresso, de forma a eximir desenvolvedores, mineradores e validadores das criptomoedas de reportar transações e pagar impostos como se fossem corretoras. Leia a notícia completa!

Variante Iota surpreende pesquisadores pela letalidade

A capacidade de transmissão, de mortalidade e de escapar do sistema imunológico da variante Iota, uma nova cepa do coronavírus, é maior na comparação a outras cepas circulantes, indicaram pesquisadores do Departamento de Saúde e Higiene Mental da Cidade de Nova York e da Escola Mailman de Saúde Pública, da Universidade de Columbia, nos EUA. Veja a notícia na íntegra!

Mansano, Vieira: Parcelamento de precatórios é protocolo fiscal, não pedalada

A possibilidade de parcelamento das dívidas judiciais da União acima de R$66 milhões, os precatórios, como defendem articuladores governistas e a equipe econômica, pode não ser considerada como pedalada fiscal, mecanismo que embasou o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Leia a coluna completa!

Especial: Emae aposta em energia solar e terrenos antes de privatização, diz fonte

A elétrica paulista Emae aposta em parcerias em energia solar e na exploração de seus terrenos para agregar valor adicional a seus ativos antes de uma eventual privatização, que está atualmente em avaliação no governo estadual, disse ao Scoop by Mover uma fonte próxima do assunto. Confira a matéria especial na íntegra!

IPCA de julho tem maior variação desde 2002; energia pesa

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo, IPCA, avançou em julho. O indicador, considerado a inflação oficial do Banco Central, foi pressionado, principalmente, pela alta da energia elétrica, registrando a maior taxa para o mês desde 2002, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE. Veja a notícia completa!

Texto: Letícia Matsuura
Arte: Nathália Reither / Mover


Leia também

Inflação, ata do FOMC, varejo, balanços: Calendário Econômico

Emae (EMAE4), índices de incerteza, precatórios: Resumo da Semana

Sanita: Mahle (LEVE3) tem viés altista e balanço positivo

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais