Mercado futuro está pessimista, no radar, falas de Bolsonaro - TC
TC Mover
Mover

Dados dos EUA frustram consensos; mercado futuro está pessimista, com falas de Jair Bolsonaro no radar: Espresso

Postado por: TC Mover em 26/08/2021 às 10:09
Jair Bolsonaro e a crise com os Poderes

Com o exterior em compasso de espera para o Simpósio de Jackson Hole, o Ibovespa futuro aponta para um dia de teste para os ativos de risco no Brasil. Perto das 9h40, o índice caía 0,57%, aos 120.670 pontos. Falas do presidente Jair Bolsonaro também estão no radar do mercado.

Mas o viés de queda piorou mesmo depois dos dados americanos. O dólar sobe 0,39%, a R$5,239. Enquanto isso, a curva de juros opera mista, com os contratos mais longos caindo após o Tesouro voltar a adiantar os leilões de títulos. E os contratos mais curtos sobem, seguindo o câmbio.

Pedidos de seguro-desemprego nos EUA

Os pedidos de seguro-desemprego semanais nos Estados Unidos subiram levemente, de 349 mil para 353 mil, sendo que o consenso esperava os pedidos em 350 mil.

Já o PIB americano do segundo trimestre atingiu 6,6%, pouco abaixo da expectativa de 6,7%. Os dados aceleraram o Índice Dólar DXY, que passou a subir 0,10%, o que impactou o dólar futuro na B3.

Jair Bolsonaro fala em respeito à independência dos Poderes

O presidente Jair Bolsonaro lamentou, na manhã desta quinta-feira, 26, a decisão do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, de arquivar seu pedido de impeachment contra o ministro do STF Alexandre de Moraes. Mas disse que os Poderes são independentes e respeitará a Constituição.

Em entrevista, Jair Bolsonaro também disse que estará às 15h30 na manifestação do dia 7 de setembro, e afirmou que o discurso será “demorado”.

Jair Bolsonaro e as eleições de 2022

O núcleo do PP passou a avaliar que a eleição de 2022 pode ser decidida logo no primeiro turno. Espera-se que o presidente Jair Bolsonaro seja derrotado, caso mantenha arroubos autoritários e a população não sentir a economia melhorando no bolso, relata o Estadão.

O PP é o partido do presidente da Câmara, Arthur Lira, e do ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira. Leia mais no Panorama Político.

Petrobras

A estatal acertou a venda da refinaria Reman e seus ativos logísticos no Amazonas, por US$189,5 milhões. A operação ainda está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica, o CADE.

A estatal também comunicou que encerrou o processo de venda da refinaria RNEST, porque interessados “declinaram formalmente de apresentar propostas”. Leia mais no Panorama Corporativo.

Para conferir o Espresso na íntegra e outros conteúdos exclusivos, assine um dos planos do TC.

Texto: Mover
Edição: Stéfanie Rigamonti
Arte: Mover

Leia também

BTG Pactual na TC Rádio, construção civil e PIB americano: Calendário Econômico

Crise hídrica no Brasil: Ministério de Minas e Energia aponta “relevante piora”

Prévia da inflação supera consenso e impera cautela para mercado: Espresso

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais