TC Mover
Mover

Dalio recomenda investir em ações do Brasil, México, Japão e evitar dólar

Postado por: TC Mover em 23/02/2021 às 19:28
ações - investidor

São Paulo, 23 de fevereiro – Os investidores devem comprar ativos não denominados em dólares, em particular ações brasileiras, japonesas e mexicanas, recomenda Ray Dalio, fundador do maior fundo de hedge do mundo. Em seu relatório sobre 2021 a clientes da Bridgewater Associates, Dalio diz que vê uma série de casos em preços descontando cenários econômicos futuros improváveis.


Brasil e México possuem dinâmicas semelhantes, diz Dalio

As ações do México e o peso mexicano estão agora implicitamente descontando uma forte queda da renda e de gastos. Assim, qualquer mudança na direção de normalização de atividade e de fluxo de recursos pode produzir um cenário econômico muito melhor que o incluído nos preços e pode reduzir o aperto de liquidez que definiu os preços atuais.

A combinação de moedas desvalorizadas, ações em queda e diferenciais de juros em alta tornaram os fluxos de caixa futuros descontados muito baratos, ressalva. “No mundo emergente, o Brasil é um exemplo com dinâmica semelhante à do México”, diz o estudo de Dalio.

“Mas, por trás de tudo o que está acontecendo, há fluxo de entrada de dólar recorde, assim como dívida em dólar sendo emitida acima da demanda de longo prazo por moeda estrangeira. A exposição à moeda será um grande negócio”, acrescenta Dalio sobre as moedas desses emergentes, sinalizando que o dólar tende a se desvalorizar e beneficiar essas moedas e seus ativos.


Ações japonesas estão com maiores subvalorizações em décadas, segundo relatório

Entre países desenvolvidos, “as ações japonesas sem hedge em dólares estão com maiores subvalorizações em décadas”, destaca. Por outro lado, Dalio sugere evitar dólar e ações americanas, com exceção das construtoras.

“Em nível setorial, a habitação está numa área que tem muito potencial após uma década de contração da oferta, taxas de hipoteca quase zero, dinheiro extra para pagamentos iniciais em contas bancárias e uma necessidade ou desejo cada vez maior de trabalhar em casa”, afirma Dalio.

Texto: Bárbara Leite
Edição: Melina Flynn e João Pedro Malar
Arte: TC Mover


Leia também

Especial: Para Reach, ingerência vai impactar caixa e desinvestimentos da Petrobras (PETR4)

Petrobras (PETR4) dispara um dia após despencar mais de 20%

Especial: Traders avaliam positivamente relatório da PEC dos Gatilhos

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis