Inflação ao produtor tem maior variação em três meses - TC
TC Mover
Mover

Diretores do Fed apontam cronograma de ‘tapering’; no Brasil, inflação ao produtor: Espresso

Postado por: TC Mover em 27/08/2021 às 10:11
Inflação ao produtor tem a maior variação em três meses

São Paulo, 27 de agosto – O Ibovespa futuro abriu em alta, rondando os 120 mil pontos, na esteira da aparente melhora no clima entre Executivo e Judiciário. Essa boa expectativa decorre de uma proposta mediada pelo Supremo Tribunal Federal para adequar as contas dos precatórios às regras do Teto de Gastos.

O dólar futuro recuava 0,29% de olho nas falas de Jerome Powell, presidente do Federal Reserve, o banco central americano, no simpósio de Jackson Hole, às 11h. A curva de juros sobe até 4 pontos-base, com cautela pelo cenário inflacionário no país.

Inflação ao Produtor tem maior variação em três meses

O Índice de Preços ao Produtor subiu 1,94% em julho, frente a junho, que atingiu elevação de 1,29%. Esta é a maior variação dos últimos três meses. Com isso, o acumulado dos últimos 12 meses atingiu 35,08%, o maior para o mês na série histórica que, em sete meses, já supera o acumulado em todo o ano de 2020, quando variou 19,38%.

Presidente Bolsonaro alerta para gravidade da crise hídrica

Antes de embarcar para agendas em Goiânia, o presidente Jair Bolsonaro admitiu a apoiadores que a economia brasileira enfrenta problemas e inflação alta. “Economia deu uma balançada sim, mas estamos consertando”, disse. Ele culpou “a política do fica em casa”, reiterou a gravidade da crise hídrica e mencionou geadas.

Além disso, Bolsonaro chamou de “idiotas” os dizem que ele quer dar um golpe. E afirmou que quem já está na Presidência não precisa dar golpe.

As expectativas para o simpósio de Jackson Hole

Investidores estão de olho para o grande evento desta semana, o simpósio de bancos centrais de Jackson Hole. O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, falará às 11h. Embora improvável, segundo economistas, ele pode abordar o cronograma e o ritmo da retirada de estímulos através do ‘tapering’.

“Não vejo por que Powell deva tomar o risco de uma declaração mais incisiva, tendo os dados do Payroll na próxima semana antes da próxima reunião do FOMC em 22 de Setembro”. A afirmação é do economista-chefe da Gauss Capital, Guilherme Attuy.

Antes das falas do presidente do Federal Reserve, outros diretores do banco central americano dão pistas sobre o cronograma de retirada de estímulos. Raphael Bostic, de Atlanta, falou à CNBC que vê a elevação de juros no fim de 2022 e que o processo de ‘tapering’ deve ser finalizado em março do ano que vem.

Também à CNBC, Patrick Harker, da Filadélfia, defendeu o ‘tapering’ mais cedo, mas com cautela por causa da variante Delta. Ainda hoje outros diretores devem falar, como Loretta Mester, James Bullard e Esther George.

Aquisições

O Banco Inter anunciou a aquisição de 100% da fintech norte-americana Usend, especializada em soluções digitais Global Account. A Usend atua em transferência de dinheiro entre países, oferece serviços de wallet, cartão de débito e pagamentos, segundo comunicado do Inter.

O banco planeja iniciar as atividades no exterior e disse que a Usend será integrada à plataforma Inter. A aquisição da fintech, que possui 150 mil clientes, está sujeita à aprovação do Banco Central. Leia mais no Panorama Corporativo.

Texto: Mover
Edição: Stéfanie Rigamonti
Imagem: Vinicius Martins / Mover


Leia também

Entrevista exclusiva: Positivo vive a melhor fase da sua história, diz presidente

Robert Kaplan vê anúncio do ‘tapering’ do Federal Reserve em setembro

STF considera constitucional autonomia do Banco Central

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais