Mover

Eleição, Bolsonaro, vencimento e Pix dominam pregão; RCEP e vacinas no radar: Espresso

Postado por: TC Mover em 16/11/2020 às 9:50

São Paulo, 16 de novembro – As bolsas e ativos de risco aceleram as altas na manhã desta segunda-feira. Contribuem os sinais de que a administração do presidente-eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, não cogita estimular práticas massivas de isolamento social, apesar de o país registrar mais de 1 milhão de novos casos de coronavírus em menos de uma semana. 

A iminência de uma vacina pode ter um papel importante nessa decisão, que só saberemos quando o democrata assumir a presidência da maior economia do mundo, em meados de janeiro. Para o assessor de Biden em assuntos de saúde, Vivek Murthy, um fechamento de escolas e negócios seria “a última coisa” a se fazer. 

Em entrevista à Fox News, Murthy disse que, desde março, o mundo aprendeu a lidar melhor com a Covid-19 – o que traz um alívio para quem achava que Biden imporia o isolamento pouco depois da posse. 

Adicionalmente, a assinatura do maior acordo comercial da história entre países da Ásia-Pacífico, liderados pela China, dá um gás nos negócios. Os mais otimistas acham que o acordo vai acelerar a recuperação global. Já os mais céticos acham que é “game over” para os EUA. 

Por enquanto, os futuros dos índices acionários americanos e o petróleo sobem, seguindo as altas na Ásia e na Europa. Fique de olho no Bitcoin, cuja valorização está sendo referendada por analistas na esteira da fraqueza do dólar americano. O ETF Next, que segue uma cesta de ações brasileiras, fechou em alta de 2,01% na bolsa de Tóquio. 

Eleição municipal e enfraquecimento de Bolsonaro

Já por aqui, e como prevíamos, o eleitorado se decidiu por políticos de carreira experientes na eleição municipal de domingo, sinalizando que a onda de direita e de antipolítica que catalisou a vitória de Jair Bolsonaro na eleição presidencial de 2018 enfraqueceu. 

Fica a sensação de que Bolsonaro e o PT foram os grandes perdedores da disputa, com o centro político e a esquerda não petista se destacando. 

Lançamento do Pix acontece hoje

Fique atento ao lançamento do sistema de pagamento Pix, com participação do presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto. Às 13h00 teremos o vencimento de opções sobre ações na B3. Hoje também é o último dia da temporada de balanços, com destaque para a teleconferência da Cosan e os resultados da Azul, antes da abertura. 

Desta forma, a semana começa com as a publicação da pesquisa semanal Focus, do Banco Central, e os dados semanais da balança comercial, no meio da tarde. Fique de olho na primeira prévia do IGP do mês, o IGP-10, da Fundação Getulio Vargas. Além da Azul, também teremos Qualicorp, Gafisa, IMC, CVC Brasil e NotreDame Intermédica após o fechamento. O vencimento de opções, por outra lado, acontece com o Ibovespa disparando 11,46% no mês até sexta, e com forte fluxo de entrada de estrangeiro na B3.

À espera da vacina

O noticiário sobre vacinas segue no radar do investidor durante a semana. O criador da vacina produzida pela Pfizer e pela BioNTech, Ugur Sahin, disse em entrevista à BBC que a vida no hemisfério norte deve voltar ao normal ao final de 2021. 

O cientista lidera o desenvolvimento do imunizante que, em resultados preliminares, mostrou 90% de eficácia contra a Covid-19. O Ministério da Saúde do Reino Unido informou hoje que espera distribuir a vacina da Pfizer pouco antes do Natal caso ela seja declarada segura e eficaz.

Texto: TC Mover
Edição: Letícia Matsuura
Imagem: Vinícius Martins/TC

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais