TC Mover
Mover

Exterior opera misto em volta de feriado; BCE e Cúpula do Clima no radar: Espresso

Postado por: TC Mover em 22/04/2021 às 9:35
Após feriado, Cúpula do Clima

São Paulo, 22 de abril – Os futuros dos índices americanos oscilam com viés de queda após jornada forte ontem. Enquanto isso, a bolsa brasileira esteve fechada pelo feriado do Dia de Tiradentes.


Maioria das bolsas asiáticas e europeias sobem

Apesar da sombra do crescimento da Covid-19 na Ásia, os índices testaram novos recordes diários, recuperando-se de duas quedas consecutivas. Esse desempenho impulsionou a maioria das bolsas asiáticas hoje, exceto Xangai, e faz os mercados europeus subirem antes da reunião de juros do Banco Central Europeu. Não haverá mexida nos juros, mas a presidente do BCE, Christine Lagarde, vai sinalizar a manutenção ou até aumento dos incentivos diante do atraso da vacinação da região, que trava a recuperação econômica.

A Cúpula de Líderes sobre o Clima, capitaneada pelo presidente americano Joe Biden, vai dominar a política global hoje e amanhã. As diretrizes do primeiro grande evento internacional de Biden, que defende uma revolução energética, devem ditar os rumos da economia americana nos próximos anos. Ele vai anunciar uma nova meta de corte de gases do efeito estufa que duplica o esforço atual.


Bolsa brasileira pode ter ganhos após feriado

A volta do feriado no Brasil pode trazer ganhos para a bolsa brasileira. O fundo de índice brasileiro EWZ, que replica as ações brasileiras negociadas em Nova Iorque, fechou em alta leve ontem, apesar das altas expressivas nos ADRs, recibos de ação negociados nos Estados Unidos, de Vale, CSN e Embraer. O petróleo tem a terceira queda consecutiva, temendo a explosão do coronavírus na Índia e após inesperada alta nos estoques americanos. O Índice Dólar DXY recua.

Aqui, os olhos se voltam para a participação do presidente Jair Bolsonaro na Cúpula do Clima. Em seu evento internacional mais importante em quase dois anos e meio de mandato, ele está pressionado a apresentar resultados concretos por governos estrangeiros e investidores.

Bolsonaro falará por três minutos, em pronunciamento que deve replicar o teor da carta já enviada a Joe Biden com promessa de acabar com o desmatamento ilegal até 2030. Pode anunciar o compromisso de antecipar a meta de redução do desmatamento e realocar mais recursos para a fiscalização ambiental.

Para conferir o Espresso na íntegra e outros conteúdos exclusivos, assine um dos planos do TC.

Texto: TC Mover
Edição: Letícia Matsuura
Arte: TC Mover


Leia também

Calendário Econômico: Juros, IPO, seguro-desemprego

Mansano: Ritmo de recuperação no primeiro bimestre e indicadores de incerteza refletem melhora da economia

Apple lança iMac e iPad com chip M1 em evento de primavera

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais