Focus: Mercado vê IPCA e Selic em 8% este ano - TC
TC Mover
Mover

Focus: mercado vê IPCA e Selic em 8% este ano e pressões para 2022

Postado por: TC Mover em 13/09/2021 às 11:09
Focus vê IPCA e Selic em 8,00%

São Paulo, 13 de setembro – Os economistas consultados para o boletim Focus elevaram as projeções do Índice de Preços ao Consumidor Amplo, considerado a inflação oficial do Brasil, e da taxa básica de juros da economia, a Selic. Os especialistas também reduziram as estimativas do Produto Interno Bruto, PIB. O relatório foi divulgado nesta segunda-feira, 13, pelo Banco Central.

As projeções ocorrem após a divulgação do IPCA de agosto, com o maior nível para o mês desde 2000. No boletim Focus divulgado hoje, a estimativa do índice passou de 7,58% para 8%, no 23° aumento consecutivo. Há um mês, a projeção era de 7,05%. Para o ano que vem, a expectativa é que a inflação chegue a 4,03%, ante 3,98% no relatório anterior. Essa foi a oitava elevação seguida da projeção para 2022.

Com as pressões inflacionárias invadindo 2022, os economistas veem um aperto monetário mais severo por parte do Banco Central. Com isso, a previsão para a Selic aumentou de 7,63% para 8% neste ano, e de 7,75% para 8% em 2022. Isso sugere que os economistas acreditam que o BC encerrará o ciclo de alta da Selic nesse patamar ainda em 2021.

Focus expressa preocupações com o cenário político

Segundo as previsões dos economistas consultados para o boletim Focus, o câmbio não deve arrefecer: a projeção para o fim do ano aumentou de R$5,17 para R$5,20. Isso demonstra as preocupações com o cenário político incerto no país.

E ante uma inflação mais alta e menos estímulo monetário, o PIB sofreu mais um rebaixamento. As estimativas para 2021, que chegaram acima de 5,30% no momento de maior otimismo, caíram para 5,04%, ante 5,15% na semana passada. É a quarta revisão para baixo seguida.

Para 2022, a diminuição foi ainda mais dura, de 1,93% para 1,72%. Há um mês, os economistas previam o PIB de 2022 acima de 2%.

Texto: Guilherme Dogo
Edição: Lúcia Boldrini, Anderson Lima e Stéfanie Rigamonti
Arte: Vinícius Martins / Mover


Leia também

Especial: O que acontece quando a inflação não atinge a meta?

Receita e tesouro dos EUA devem endurecer regras para corretoras de criptomoedas

Guedes diz que negociações por precatórios serão retomadas na semana que vem

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais