Ibovespa abre em alta com exterior, de olho em Petrobras - TC
TC Mover
Mover

Ibovespa abre em alta com exterior, de olho em Petrobras

Postado por: TC Mover em 14/09/2021 às 11:28
Ibovespa abre em alta

São Paulo, 14 de setembro –  O Ibovespa abre em alta nesta terça-feira, e sobe pela terceira vez em quatro pregões, recuperando os 117 mil pontos. Investidores monitoram a audiência sobre os preços da Petrobras e mostram maior apetite ao risco após a inflação ao consumidor nos Estados Unidos vir abaixo do esperado.

Por volta das 10h45, o Ibovespa subia 0,57%, aos 117.063 pontos, liderado pelo setor financeiro. Por outro lado, os papéis da Petrobras recuam cerca de meio ponto percentual, enquanto os investidores acompanham a fala o presidente da estatal, Joaquim Silva e Luna, em audiência que acontece na Câmara dos Deputados.

O dólar futuro operava estável na casa dos R$5,23 após o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmar que elevará a Selic “até onde for necessário”. Campos Neto também afirmou que o BC poderá intervir no câmbio ao final do ano. Nessa mesma esteira, os DIs curtos caíam de forma pronunciada, em até 26 pontos-base.

Marcado internacional

Em Nova York, o S&P500 abria em alta de 0,28% e Nasdaq 100 subia 0,45%. Enquanto isso, os rendimentos dos títulos de dívida arrefeciam 2,2 pontos-base, a 1,301% ao ano, em resposta aos dados mais fracos que o esperado nos núcleos de inflação, que avançaram 0,1%, contra consenso de 0,3%.

O resultado reduz a pressão sobre o Federal Reserve, o banco central americano, em retirar os estímulos monetários de forma acelerada. Isso gera perspectiva de continuidade de liquidez alta e dá apetite por risco aos mercados.

Setor financeiro de novo puxa o Ibovespa

O setor financeiro liderava os ganhos no Ibovespa, contribuindo com cerca de 220 pontos, seguido por consumo e utilidades. As maiores altas percentuais eram das ações de Eneva, Banco Inter, Locaweb, Cosan e Méliuz, e as piores quedas eram dos de Embraer, BRF, Suzano e Petrobras, que também lideravam a pontuação negativa. Em pontos, o índice era puxado por Banco Inter, Eneva, Cosan e B3.

Texto: Felipe Corleta
Edição: Karine Sena e Stéfanie Rigamonti
Arte: Vinícius Martins / Mover


Leia também

Governança e estatuto protegem Petrobras de ‘aventura’, diz Joaquim Silva e Luna

Serviços atingem maior patamar desde 2016; inflação nos EUA fica abaixo do consenso: Espresso

JPMorgan vê taxa Selic em 9,00%, crescimento abaixo de 1% em 2022

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais