Ibovespa cai em dia de Copom; no radar, emprego nos EUA - TC
TC Mover
Mover

Ibovespa cai em dia de Copom; no radar, emprego nos EUA, reformas, balanços: Espresso

Postado por: TC Mover em 04/08/2021 às 20:44
Ibovespa cai com exterior

São Paulo, 4 de agosto –  No Brasil, o ambiente negativo externo e temores de piora fiscal e alta dos juros levaram o Ibovespa de volta para os 121 mil pontos. O dólar caiu e os juros subiram, na expectativa com a decisão do Copom, que puxou a Selic de 4,25% para 5,25%, a maior alta desde fevereiro de 2003, e indicou nova elevação em setembro.

As bolsas fecharam em queda em Nova Iorque e o dólar subiu com preocupações em torno da retomada econômica americana e indicações de retirada dos estímulos a partir de 2022 por diretores do Federal Reserve.

Ibovespa cai com exterior e cenário fiscal brasileiro

O Ibovespa fechou em queda de 1,44%, a 121.801 pontos, seguindo a cautela do exterior e de olho no cenário fiscal do país. O dólar futuro sustentou ganhos de até 0,85% durante a maior parte do pregão, porém reverteu e passou para o campo negativo, fechando em queda de 0,63% a R$5,187, após dados do fluxo cambial acima do esperado. A curva de juros fechou próxima da estabilidade, aguardando a decisão da taxa básica de juros no começo da noite.

No dia, as maiores altas do Ibovespa foram Usiminas PN, 4,60%, e as units da Klabin, 2,04%, beneficiadas pelo retorno do investidor às commodities. Natura ON também subindo, 1,25%, após o BTG Pactual recomendar a compra e elevar seu preço-alvo. Na ponta negativa, Bradesco PN caiu 4,36% com realização de lucros após o bom desempenho trimestral do banco. Cosan ON caiu 4,06% na esteira do IPO de sua controlada Raízen.

Investidores estarão atentos à decisão monetária do Banco da Inglaterra

Na agenda desta quinta-feira, 5, o destaque será a reunião do Banco da Inglaterra, que pode dar alguma indicação sobre redução de estímulos para a economia. Na Alemanha, saem as encomendas à indústria.

Nos EUA, tem a balança comercial de junho e os pedidos de seguro-desemprego semanais. O diretor do Federal Reserve, Christopher Waller, participa de evento às 11h00 do Brasil. Saem os balanços da Novo Nordisk, Moderna, Merck, Mercado Libre e Duke Energy. No Brasil, tem Engie, Sanepar, Eneva, Azul, Arezzo, Cia Hering, JHSF, Tupy, Burger King, São Carlos, Tenda, Ouro Fino e Banco BMG.

Para conferir o Espresso na íntegra e outros conteúdos exclusivos, assine um dos planos do TC.

Texto: Mover
Edição: Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / Mover


Leia também

Especial: Copom acelera ritmo de alta da taxa Selic para o mais intenso em 18 anos

Diretores do Federal Reserve querem discutir estímulos

Omega Geração (OMGE3) segue como destaque em elétricas, mesmo com balanço negativo, diz XP

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais