Mover

Investidor mira Biden, Copom, Anvisa, Manaus após semana volátil: Espresso

Postado por: TC Mover em 15/01/2021 às 20:38
investidor coronavírus dólar

São Paulo, 15 de janeiro – O investidor sente algum alívio agora que a sexta acabou. E é apenas a segunda semana de 2021. O Ibovespa teve a maior queda semanal em 11 semanas e as bolsas americanas caíram, em pregões muitos voláteis. Nesta sessão, surgiram novas preocupações.

 

O agravamento da pandemia em Manaus reacendeu o receio com as contas públicas e esquentou o clima político, o que também pesou sobre o dólar e os juros futuros, em dia de cautela global. Lockdowns na Europa, China e aperto das medidas no Estado de São Paulo ampliaram as vendas às vésperas de um fim de semana, que promete ser agitado, com a possível decisão da Anvisa domingo sobre o uso emergencial das vacinas da CoronaVac e de Oxford.

 

Atividade econômica e decisão monetária se destacam na agenda da próxima semana

 

Na próxima semana, o calendário doméstico traz o Índice de Atividade Econômica, IBC-Br, do Banco Central, considerado uma prévia do PIB, na segunda-feira. Na terça sai a segunda prévia do IGP-M de janeiro. Na quarta, dia da divulgação sobre a decisão da taxa Selic, sai também o fluxo cambial semanal.

 

Nos Estados Unidos, o destaque de quarta é a posse de Biden. A temporada de balanço esquenta por lá, com Bank of America e Goldman Sachs antes da abertura na terça, além de Netflix depois do fechamento. Na quarta, destaque para United Airlines. Quinta, Intel e IBM.

Texto: TC Mover
Edição: Letícia Matsuura
Arte: TC Mover

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais