Mercados sobem com indicadores e balanços; PMI no radar - TC
TC Mover
Mover

Mercados sobem com indicadores e balanços; PMI, IPCA-15, reformas no radar: Espresso

Postado por: TC Mover em 23/07/2021 às 9:55
Mercados sobem com balanços

São Paulo, 23 de julho – Os mercados futuros de Nova Iorque sobem, com o Nasdaq buscando novas máximas histórica. Enquanto isso, as bolsas europeias engatam a quarta alta seguida no fechamento da semana que antecede a da decisão de juros do Federal Reserve, banco central americano. A extensão do apetite por risco, depois dos tombos dramáticos da segunda-feira, 19, é apoiada por uma série de fatores nesta manhã, além de bons balanços.

O discurso do Banco Central Europeu, na véspera, em sua decisão de juros, veio muito suave e favorável à continuidade da política emergencial de estímulos. Apesar da ameaça da variante Delta no Reino Unido, a reabertura contínua das atividades revelou a forte demanda reprimida do consumidor e fez as vendas do varejo britânico em junho subirem inesperadamente, contrariando a previsão de queda.

E, depois de uma semana praticamente sem indicadores econômicos de peso, a sexta-feira, 23, abriu com a rodada preliminar de julho dos PMIs, índices de gerentes de compras, de serviços e indústria, com números especialmente bons para a Alemanha, a maior economia da Europa. Os mercados estarão de olho na divulgação dos PMIs americanos mais tarde.

Mercados sobem mesmo sem apoio das commodities

Com avanço acima do consenso tanto na indústria como em serviços, o PMI composto alemão subiu a 62,5 pontos neste mês, seu maior nível desde janeiro 1998. Também os números da Zona do Euro superaram as expectativas, sugerindo recuperação menos desigual. Às 10h45 sairá a leitura dos PMIs dos Estados Unidos.

Ontem, a decepção com a alta inesperada dos pedidos de seguro-desemprego, que virou momentaneamente os mercados americanos, foi contida com a rotação dos investidores para os papéis de tecnologia, estrelas dos balanços da semana que vem, beneficiados pelo recuo dos rendimentos dos títulos de dez anos do Tesouro americano. Esse movimento prossegue hoje, assim como a leve valorização do Índice Dólar DXY.

Mas os mercados não têm apoio das commodities. O petróleo oscila, depois de dois dias de forte recuperação que devolveram o Brent ao patamar e US$73,00. O minério de ferro na bolsa chinesa de Dalian caiu mais 2%, segundo recuo consecutivo, com demanda fraca. Entre os balanços do dia, antes da abertura saem Honeywell, American Express e Kimberly-Clark.

Para conferir o Espresso na íntegra e outros conteúdos exclusivos, assine um dos planos do TC.

Texto: Mover
Edição: Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / Mover


Leia também

Calendário Econômico: Inflação, balanço, PMI

Multilaser (MLAS3) dispara 16% em estreia na bolsa

Governo corta projeção de rombo fiscal em 2021

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais