TC Mover
Mover

Mercados oscilam à espera de Fed; no radar, vírus, Ibovespa, balanços: Espresso

Postado por: TC Mover em 27/01/2021 às 9:44
Powell - Fed

São Paulo, 27 de janeiro – Hoje é dia de decisão de juros do Federal Reserve e os ativos de risco oscilam, à espera do comunicado do Comitê Federal de Mercado Aberto da autarquia, o célebre FOMC, e da entrevista coletiva do presidente do Fed Jerome Powell, por volta das 16h30, horário da nossa Brasília.

Como explicaremos adiante, a expectativa majoritária entre os economistas é que a política monetária do FOMC continue inalterada, que os membros do comitê reiterem a necessidade de estímulos fiscais adicionais – acenando para a nova secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen – e que a orientação futura para o juro básico no país seja reforçada.

Desta vez, Powell e Yellen, que já foram colegas de FOMC uns anos atrás, provavelmente tentarão evitar os erros de 2013, quando eles chegaram a sinalizar uma alta no juro que derrubou os mercados. Dessa vez, achamos nós, eles entendem que a enxurrada de liquidez é imperativa para aliviar as preocupações em relação ao impacto econômico e social da pandemia do coronavírus.

 

São mais de 100 milhões de casos no mundo, em pleno programa de vacinação em massa, com novas cepas mais letais aparecendo por aí. Não é momento para experimentos. Damos ênfase nisso, olhando para o que parece ser a nova postura do presidente Jair Bolsonaro e alguns dos seus colaboradores mais próximos, de dar as costas para o negacionismo quanto à pandemia e as vacinas e fomentar um processo mais rápido de imunização no país.

Ontem a bolsa não reagiu a esses sinais e o Ibovespa recuou pelo quinto pregão consecutivo, pior sequência em pouco mais de um ano. Dólar e juros futuros recuaram, não por esse motivo e sim pelos sinais de normalização monetária antecipada no país, pelo Banco Central.

 

Talvez essa atitude do presidente, somada aos comentários inesperados dos gestores Luis Stuhlberger e Rogério Xavier, da Verde Asset e SPX Capital, respectivamente, que ontem disseram em evento do Credit Suisse que estão otimistas com o país, ajudem o índice da bolsa a reverter tendência.

 

Agenda econômica destaca dívida pública e balanços do quarto trimestre

 

Na agenda de hoje, o BC inicia a rolagem de swap cambial para março, enquanto o Tesouro Nacional divulga o Relatório Mensal da Dívida Pública e Plano Anual de Financiamento para 2021. O mandachuva do Orçamento explica ambos os relatórios em coletiva por volta das 15h00.

Mundo afora, destacamos os dados de estoques semanais de petróleo do Departamento de Energia dos EUA, as encomendas de bens duráveis e os balanços de Boeing e AT&T no pré-mercado.

Depois do fechamento, o foco do mercado estará na divulgação dos resultados de Tesla, Apple e Facebook, na esteira do brilhante balanço da Microsoft. Por aqui, fique de olho na teleconferência da Cielo, que mostrou balanço misto, e no desdobramento de ações da Locaweb.

Texto: TC Mover
Edição: Letícia Matsuura
Arte: TC Mover

 

Para conferir o Espresso na íntegra e outros conteúdos exclusivos, assine um dos planos do TC.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais