TC Mover
Mover

Mercados reagem a Payroll à espera de Joe Biden, inflação no radar: Espresso

Postado por: TC Mover em 07/05/2021 às 9:53
Biden discursa após Payroll

São Paulo, 7 de maio – A sexta-feira começou com futuros de Nova Iorque rondando máximas e bolsas europeias em alta. Os investidores estão otimistas com a recuperação econômica global, depois de uma bateria de indicadores robustos da China e da Alemanha. Mas o relatório Payroll abaixo do esperado azedou os mercados.


Payroll decepciona com 266 mil empregos não-agrícolas

Às 09h30 saiu o mais aguardado da semana, o Payroll americano de abril. Segundo a mediana das projeções, o relatório oficial de emprego deveria mostrar que a maior economia do mundo gerou perto de um milhão de postos de trabalho não-agrícolas no mês passado, derrubando a taxa de desemprego abaixo de 6%. No teto das projeções, estimativas falam em até 1,3 milhão de novos postos de trabalho.

Contudo, os dados decepcionaram. Bem abaixo do consenso, o relatório Payroll apontou 266 mil empregos não-agrícolas. A taxa de desemprego também não veio como o esperado, atingindo 6,10% ante expectativa de 5,80%.

Depois da divulgação do indicador de emprego, o presidente americano Joe Biden vai se encontrar com a secretária do Tesouro, Janet Yellen. Ainda hoje fará um pronunciamento sobre a conjuntura econômica. Ontem, ele ajudou o Dow Jones a renovar recorde e o Nasdaq a interromper sequência de quatro quedas depois de acenar com alta menor de impostos corporativos para financiar seus pacotes de infraestrutura.


IGP-DI de abril superou o consenso e subiu mais de 2%

No Brasil, depois de ouvir três ministros da Saúde do governo do presidente Jair Bolsonaro, a CPI da Covid tira folga de depoimentos e só retoma os trabalhos na terça-feira. O presidente vai a Rondônia nesta manhã para acompanhar a liberação de tráfego na ponte do Rio Madeira, na BR-364. O ministro da Economia, Paulo Guedes, e o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, vão se reunir à tarde com o embaixador da China para aparar danos causados pelas falas do presidente sobre o gigante asiático.

Com o mercado ainda digerindo a decisão e o comunicado de juros da quarta-feira, a inflação volta ao foco com a divulgação do Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna. O IGP-DI de abril atingiu 2,22%, acima do consenso de 1,76%. A Anfavea trará a produção total de veículos de abril, que deve ter sofrido com restrições da pandemia e falta de peças. Na agenda de balanços, M. Dias Branco e Brasil Agro saem após o pregão.

Para conferir o Espresso na íntegra e outros conteúdos exclusivos, assine um dos planos do TC.

Texto: TC Mover
Edição: Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

Calendário Econômico: Varejo, inflação, Payroll

Ultrapar (UGPA3) despenca após balanço, e mira gás natural

Ambev mantém foco em inovação, de olho em retomada

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais