Morgan Stanley prevê pico de 8,00% da taxa Selic em 2022 - TC
TC Mover
Mover

Morgan Stanley prevê pico de 8,00% da taxa Selic em 2022

Postado por: TC Mover em 06/08/2021 às 19:42
Morgan Stanley eleva projeção da Selic

São Paulo, 6 de agosto – O Morgan Stanley elevou as projeções para o crescimento e a taxa básica de juros brasileira, a taxa Selic, em 2021 e 2022. O banco prevê que a pressão da reabertura nas cadeias de suprimento e serviços elevará a inflação. Assim, consideram que forçará os juros ao pico de 8,00%, após a primeira reunião do ano do Comitê de Política Monetária, Copom.

Segundo o relatório assinado por Andre Loes e Thiago Machado, a normalização mais rápida da economia levaria a taxa Selic a encerrar este ano em 7,50%, acima dos 6,50% projetados anteriormente. E deve atingir 8,00% em fevereiro de 2022.

Morgan Stanley sobe projeção para PIB brasileiro neste ano

A reabertura significativa dos negócios neste segundo semestre também impulsiona a perspectiva de crescimento da economia brasileira para 2021, com expectativa de respingos no início do próximo, diz o relatório. Morgan Stanley projeta o Produto Interno Bruto, PIB, brasileiro em 5,5% em 2021, ante a expectativa anterior de 4,2%.

Para 2022, o documento cita que processo eleitoral deve ter “impacto limitado”. “Esperamos que o impulso do segundo semestre se estenda para 2022, com o processo eleitoral tendo impacto limitado sobre o crescimento, que agora projetamos em 2,5% (de 2,7% anteriormente; consenso em 2,1%), mesmo que possa gerar mais volatilidade nos preços de mercado”, afirmam Loes e Machado.

Aumento de juros a nível acima do neutro deve abaixar inflação para 4,00% em 2022, acreditam analistas

Morgan Stanley explica também que o rápido crescimento vai gerar uma pressão de oferta. Isto, segundo os analistas, contaminará os núcleos dos índices do preço, justificando a elevação da previsão do Índice de Preços ao Consumidor Amplo, IPCA, em 2021 de 6,20% a 6,90%. Porém, eles contam com o Banco Central para elevar os juros acima de níveis neutros no próximo ano. Mantêm, assim, a perspectiva de inflação em 4,00% em 2022.

“O Banco Central deve levar os juros acima dos níveis neutros, provavelmente compensando crescentes pressões inflacionárias nos serviços e em itens dos núcleos de inflação”, concluem os analistas do Morgan Stanley.

Texto: Clara Guimarães
Edição: Arthur Horta e Letícia Matsuura
Arte: Mover


Leia também

Joe Biden comemora Payroll de julho, mas alerta para Covid-19

Calendário Econômico: Inflação, ata do Copom, IBC-Br, Opep

Jair Bolsonaro quer zerar imposto do diesel em 2022

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais