TC Mover
Mover

Normalização parcial da taxa Selic é adequada, diz presidente do Banco Central

Postado por: TC Mover em 25/05/2021 às 13:49
Presidente do Banco Central

São Paulo, 25 de maio – Segundo o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, a autarquia vê a inflação como temporária e considera que o ajuste parcial da taxa Selic ainda é o adequado no atual momento. Com isso, ele sugere que o ciclo de altas da taxa Selic, atualmente em 3,50%, pode sofrer paradas antes de chegar ao juro neutro, estimado em 6,50% ao ano. Ele cogitou, no entanto, que isso pode ser alterado em caso de cenário mais difícil para os preços. Disse também que as expectativas de inflação “seguem subindo bastante”.


Presidente do Banco Central elogiou Arthur Lira por avanço em reformas

Roberto Campos Neto voltou a dizer que a previsão do Banco Central para o Produto Interno Bruto, PIB, do Brasil para 2021 deve ser elevada. A projeção chega a 4,00%. O presidente da Câmara, Arthur Lira, foi elogiado por ele em evento da BTG Pactual pela defesa dos projetos de reformas, como a Administrativa e Tributária.

Sobre essa primeira, o presidente do Banco Central disse que ajudará a diminuir a parte dos gastos públicos. Para ele, os gastos públicos são “principal doença do Brasil” e onde o país precisa focar os esforços. Mesmo assim, Campos Neto vê que a credibilidade do Teto de Gastos está assegurada, o que dá a oportunidade para despesas maiores, mas ainda dentro do limite da prerrogativa.


Inflação de países desenvolvidos pode refletir nos emergentes

Para o cenário de curto prazo, o presidente do Banco Central disse que acompanha com atenção a inflação nos países desenvolvidos, já que pode haver reflexo nos emergentes, e o ciclo de alta das commodities.

“É importante esclarecer que a meta de inflação será cumprida, essa é a missão do Banco Central. Por isso fizemos mais do que o mercado entendia anteriormente e vamos seguir nesse caminho”, afirmou Roberto Campos Neto.

Texto: Guilherme Dogo
Edição: Bárbara Leite e Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

Futuros de Nova Iorque sinalizam que rali continua; Federal Reserve, IPCA-15, reformas no radar: Espresso

Calendário Econômico: Inflação, consumidor, leilão

Ibovespa ronda recorde; no radar, Federal Reserve, IPCA-15, reformas, auxílio emergencial: Espresso

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais