TC Mover
Mover

PIB da China bate recorde; no radar, correção em Nova Iorque, Orçamento: Espresso

Postado por: TC Mover em 16/04/2021 às 9:52
PIB da China

São Paulo, 16 de abril – Depois da bateria de indicadores econômicos americanos positivos que puxaram ontem novos recordes diários e de fechamento no mercado de Nova Iorque, a sexta-feira começa sob influência dos números sólidos da China, o principal motor da recuperação global pós-pandemia.


PIB da China bateu recorde, apesar de vir abaixo do consenso

A economia da China, medida pelo Produto Interno Bruto, PIB, avançou 18,3% no primeiro trimestre do ano na base anual. Apesar de ligeiramente abaixo do consenso, a taxa bateu recorde. Além disso, os investimentos em ativos fixos subiram 25,6% no mesmo período.

Além disso, em março a produção industrial avançou 14,1% e as vendas no varejo saltaram 34,2% na comparação com março de 2020 – o mês em que a Organização Mundial de Saúde decretou que o mundo enfrentava uma pandemia, não apenas um surto de covid-19, e a China já sofria havia dois meses com severa restrição de atividade.

Nesta manhã, os futuros dos índices acionários americanos fazem uma pausa no rali para embolsar ganhos de ontem, mas as bolsas europeias sobem com a recuperação chinesa e americana. Mais cedo, as bolsas asiáticas também fecharam em alta.


Impasse do Orçamento ainda pesa na bolsa

No Brasil, a tensão com as negociações entre governo e Congresso para corrigir o Orçamento de 2021 impediram que a bolsa desfrutasse plenamente o bom humor externo. Elas seguem no radar, assim como o desgaste do ministro da Economia, Paulo Guedes, cuja conduta na elaboração do Orçamento será investigada pelo Tribunal de Contas da União.

Além da CPI da Covid, que ainda não tem data para começar, a cena política tem a confirmação, pelo Supremo Tribunal Federal, STF, de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está livre para disputar a eleição de 2022 após a anulação das sentenças da Operação Lava Jato de Curitiba. O general Joaquim Luna e Silva, novo presidente da Petrobras, pode dar suas primeiras declarações no cargo.

Mais cedo, a inflação ao consumidor em março na Zona do Euro emitiu sinal de recuperação, subindo para 1,3% ante 0,9% em fevereiro. Nos Estados Unidos, saem concessões de alvarás para novas construções e a confiança do consumidor da Universidade de Michigan. Na agenda de balanços estão os bancos Morgan Stanley e BoNY Mellon.

Para conferir o Espresso na íntegra e outros conteúdos exclusivos, assine um dos planos do TC.

Texto: TC Mover
Edição: Letícia Matsuura
Arte: TC Mover


Leia também

Calendário Econômico: Balanço, TC Rádio, IPO

Minerva Foods quer zerar emissões líquidas até 2035

Especial: João Luiz Braga, da Encore, vê Open Banking acelerando disrupção entre bancos

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais